20200710 AdrianoRosadaRocha TeleatendimentoUBSTamandare Abre
Fotos: Adriano Rosa da Rocha
Desde maio, a Unidade Básica de Saúde José Mario de Carvalho (UBS Tamandaré) está realizando um projeto-piloto que possibilita o contato dos usuários com médicos, enfermeiros, técnicos e atendentes pelo aplicativo WhatsApp. Agendamento de consultas, avaliação de ferimentos, informações sobre encaminhamento de exames e até mesmo teleconsultas através de videochamadas são algumas das possibilidades disponíveis pelo número 99842-1044 (uso exclusivo para moradores da região do Parque Tamandaré atendidas pela UBS). "Isso facilita muito para nós, ainda mais agora neste tempo de pandemia do coronavírus. Há serviços, como um agendamento, a solicitação para renovação de uma receita ou uma dúvida sobre vacina que podem ser feitos remotamente, evitando que os pacientes venham aqui e esperem numa fila”, explica a enfermeira Malena Yamada, coordenadora da UBS. “Há outros, claro, que há necessidade de os pacientes virem até a unidade. Neste caso, o serviço não pode ser usado. Os profissionais que trabalham aqui fazem essa seleção, analisando cada caso. Quando é possível, inclusive para consultas, oferecemos a forma remota aos pacientes”, complementa.

No final da manhã desta sexta-feira (10), quem experimentou a facilidade foi Rosimeri Martins, 41 anos. Cuidadora de uma senhora de 70 anos que está há uma década acamada, ela fez uma teleconsulta com a doutora Gabriela Stahl para relatar alguns problemas que sua paciente está enfrentando e receber orientações da médica. “Achei o serviço maravilhoso. Com a situação que nós estamos vivendo hoje, do coronavírus, é muito boa esse tipo de alternativa, que dá mais segurança para o paciente”, comenta Rosimeri.

Para a doutora Gabriela, o serviço facilita em muito o atendimento dos pacientes. “Temos pessoas com dificuldade de locomoção que precisariam vir a UBS para alguns serviços que podem ser feitos remotamente. São situações que conseguimos resolver de longe, com uma conversa. Facilita para os pacientes e para nós também”, comenta a médica, que realizou a sua segunda consulta pelo App.

De 11 de maio até o dia 30 de junho, foram 16 teleconsultas realizadas via App. No mesmo período, foram agendados 88 consultas e procedimentos presenciais com pediatra, ginecologista, clínico-geral e enfermeira. Nos 50 primeiros dias do piloto, foram atendidas mais de 30 pessoas que tinham dúvida sobre campanhas de vacinação, outros 20 usuários entraram em contato para esclarecer diferentes dúvidas gerais e 21 procuraram os atendentes da UBS pelo WhatsApp para abertura de cadastro, enviando pelo próprio App fotos dos documentos, agilizando o processo.

De acordo com a titular da Secretaria Municipal da Saúde, Ana Boll, a proposta é levar o teleatendimento para outras unidades. “Nós vamos estender esse projeto para a maior parte dos nossos serviços, começando com unidades maiores, como as UBSs Planalto, Primavera e Cruzeiro. É uma iniciativa muito importante, prevista em legislação, que possibilita agilizarmos o atendimento”, destaca.

 

gallery1 gallery1 gallery1