20200527 EduardoBarattoLeonardi DoacaoONGMulheresConstrucao abre
Foto: Eduardo Baratto Leonardi
Mulheres chefes de família que participaram do projeto Cimento e Batom, capacitação promovida em 2018 em parceria entre a ONG Mulheres em Construção e a Prefeitura de Esteio, começaram a receber, nesta quarta-feira (27), vouchers para compra de alimentos. O objetivo é ajudar a complementar a renda de mulheres que já passaram pelo curso e que, em função da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), estão com dificuldades para conseguir trabalho. A entrega foi feita pela presidente e fundadora da ONG, Bia Kern, e pela gestora administrativa Deise Siejka, acompanhadas pela secretária municipal de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo (SMCTE), Tatiana Tanara.

 

Uma das beneficiadas pela ação é a moradora do Bairro Três Portos, Rose Mari Kruze. “Durante o curso, acabei conhecendo essas mulheres maravilhosas da ONG, pessoas humanas demais, que sempre tiveram muito carinho e seriedade. Receber este auxílio, neste momento tão difícil, é muito bom”, explicou Rose. Atualmente buscando emprego, ela tenta oportunidades tanto na sua área de formação (ela é técnica em Nutrição), quanto na construção civil, para aplicar as lições que aprendeu ao longo do Cimento e Batom. “Gosto muito da parte de pintura, mas o que vier, vem bem”, comentou.

 

O voucher, no valor de R$ 100, foi carregado em um cartão-alimentação. A Mulheres em Construção pretende auxiliar cerca de 250 mulheres da Região Metropolitana de Porto Alegre. Para arrecadar recursos e poder recarregar o cartão das beneficiadas nos próximos meses, a instituição criou uma campanha de financiamento virtual, chamada de “Apoie uma Chefe de Família”. Para contribuir, basta acessar o site do projeto no site Benfeitoria (benfeitoria.com/mulheremconstrucao). “Queremos ajudar essas mulheres. Muitas delas estão em dificuldades e, mesmo tendo direito, estão demorando a conseguir acesso a outros programas, como o auxílio-emergencial”, comentou Bia.

 

Ao longo de 52 horas de aulas, o projeto Cimento e Batom ofereceu às participantes conteúdos como noções teóricas sobre o ramo da construção civil, design de interiores, medição, layout, cores, saúde física e correção postural. Para praticar as lições aprendidas, as alunas realizaram melhorias na sede da SMCTE, dentro do prédio da Prefeitura, e, posteriormente, a restauração da pintura do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Conviver, no Bairro Olímpica.