20200506 GabrielRodzinski VoluntariaProduzMascarasDoacao abre
Fotos: Gabriel Rodzinski
Em meio à mobilização para evitar a propagação do Coronavírus (COVID-19), Esteio vem contando cada vez mais com o apoio da população. Exemplos de empatia e solidariedade têm sido grandes aliados na busca de evitar a contaminação pelo vírus. Um exemplo é o caso da enfermeira e professora Eliane Dias, que durante o período de isolamento viu a necessidade de ajudar quem precisa e decidiu convidar a mãe e a irmã para confeccionarem máscaras reutilizáveis para doar.

Filha da costureira Eva Fátima dos Santos e irmã da professora Raquel Silva, Eliane contou que a ideia surgiu no momento em que houve a necessidade delas interromperem suas atividades profissionais por conta da quarentena. “Nós, assim como muita gente, entramos em quarentena, porém ao ver que em meio a essa situação ainda existiam pessoas que precisavam se expor, pela necessidade de ir trabalhar, mexeu com a gente”, afirmou. “Então liguei para minha irmã e minha mãe, mas no começo nossa ideia era fazer as máscaras para algumas pessoas próximas, porém começamos a produzir muitas e então minha mãe optou por procurar locais para doarmos”, concluiu.

Na manhã desta quarta-feira (6), servidores da Prefeitura Municipal realizaram a coleta de 153 máscaras, sendo 60 femininas, 40 masculinas e 53 infantis. Raquel, que realizou a entrega, afirmou que, além desta doação, alguns equipamentos são vendidos e os valores arrecadados são revertidos para duas instituições religiosas que doam alimentos para as comunidades. No total, mais de 500 itens foram produzidos por elas.

As máscaras faciais reutilizáveis protegem do mesmo modo que as descartáveis. Elas, no entanto, não devem ser utilizadas unicamente como método de prevenção, mas sim aliadas às orientações básicas recomendadas pelo Ministério da Saúde. Outro fator importante é que elas devem ser esterilizadas diariamente e deve ser respeitado o tempo máximo de uso de duas horas.

Desde o dia 16 de abril, o uso de máscaras de proteção facial é obrigatório para a população que necessitar sair de casa. A medida faz parte de um conjunto de ações de prevenção contra a propagação do novo Coronavírus (COVID-19) publicado no Decreto Municipal 6.584.

Como buscar tratamento para o coronavírus em Esteio?
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforça que o primeiro passo para pessoas com sintomas de coronavírus não é ir a unidades básicas de saúde (UBS) ou ao Hospital São Camilo, até como forma de evitar aglomerações nestes locais. Inicialmente, a pessoa deve ligar para o telefone 3459-4723, criado pela SMS de Esteio especificamente para orientações e dúvidas sobre a Covid-19. Se o atendente constatar a necessidade de atendimento presencial, vai orientar para que a pessoa se dirija a uma UBS, que deve ser procurada, também, caso os sintomas se agravem. São as próprias UBSs que vão indicar que a pessoa busque atendimento no Hospital São Camilo. Dúvidas e orientações também podem ser esclarecidas pelo e-mail esteiocoronavirusinfo@gmail.com.

 

Coronavírus (Covid-19)

Dúvidas e comunicação de suspeitas

Telefones: 3459-4723 e 3473-6377 (opção 1 - informações sobre o coronavírus)
E-mail: esteiocoronavirusinfo@gmail.com
Site especial da Secretaria Estadual da Saúde: saude.rs.gov.br/coronavirus
Mapa de casos em tempo real no Rio Grande do Sul: ti.saude.rs.gov.br/covid19/
Números de casos em Esteio e ocupação do Hospital São Camilo: acompanhe os dados pelo perfil da Prefeitura no Twitter (twitter.com/prefaesteio)
Aplicativo Coronavírus - SUS (Ministério da Saúde): disponível nas lojas de aplicativos App Store (iOS) e Google Play (Android)

 
Sintomas

Febre (acima de 37,8 ºC), acompanhada por tosse ou dor de garganta

Dificuldade para respirar

Dores no corpo

- Evite ir direto ao Hospital São Camilo. Pessoas com sintomas da doença devem ligar para o telefone 3459-4723 ou 3473-6377 (opção 1 - informações sobre o coronavírus) 
- Se o atendente constatar a necessidade de atendimento presencial, vai orientar para que a pessoa procure uma unidade básica de saúde (UBS), que deve ser procurada, também, caso os sintomas se agravem
- As UBSs indicarão que a pessoa procure atendimento no Hospital São Camilo

Prevenção
- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização
- Usar álcool gel somente como uma segunda opção, no caso de não ter como lavar as mãos com água e sabão
- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas
- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, usando um lenço descartável ou a dobra do cotovelo
- Evitar aglomerações
- Se puder, fique em casa. Saia somente para compra de medicamentos ou alimentos
- Se precisar sair de casa, use máscara de proteção facial. O uso é obrigatório por toda a população para circular na cidade. 

Clique aqui para mais informações

Rede de Solidariedade Covid-19
Parceria da Prefeitura Municipal, Lions Clube Esteio Centro e Exposição e Rotary Club de Esteio
Para doar: entrar em contato pelo telefone (51) 99719-9604 e combinar a entrega das doações
Para solicitar doações: ligar para o número (51) 99719-9604 (a entrega está sendo feita seguindo a ordem cronológica dos pedidos)

gallery1 gallery1 gallery1