20200204 VitoriaCosta AdocaoCachorroCanil abre
Fotos:Vitória Costa
Adotar um animal de estimação é uma decisão importante a se tomar, sobretudo aqueles com alguma deficiência. É necessário que o tutor tenha sensibilidade e reconheça a importância de cuidar de um animal com limitações, estando atento às necessidades do bichinho. Ciente disso, a dona de casa Clarisse Lenz, 52 anos, entrou em contato com Departamento de Bem-Estar Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) de Esteio com a intenção de adotar Francisco, um cão idoso e cego que chegou ao Canil Municipal de Esteio, em dezembro do ano passado, após ter sido atropelado.

Na tarde desta terça-feira (4), Francisco foi entregue a Clarisse. Muito emocionada, a nova tutora disse que ficou sabendo sobre o animalzinho em uma conversa com a protetora da ONG Grupo Amigos e Tratadores dos Animais (Gata). “Na hora que me falaram do Francisco, eu já quis ficar com ele. Amo os meus bichinhos e sei da dificuldade de achar um lar para um cão idoso, ainda mais deficiente. Aqui ele ficará dentro de casa e será muito amado”, explicou. O novo amigo terá um espaço reservado somente para ele na residência da sapucaiense, que abriga outros oito cãezinhos.

Mais de 50 cachorrinhos esperam por um novo lar

Assim como Francisco, outros animaizinhos do Canil Municipal de Esteio aguardam por um novo cuidador que os leve para um lar cheio de carinho e amor. Atualmente o canil abriga mais de 50 cães comunitários que após serem resgatados, em estado de emergência, passaram por tratamento e já estão reabilitados para ganhar um novo lar. Os animaizinhos, que variam de tamanho, cor e idade, são castrados, vacinados e vermifugados.

Segundo a coordenadora do Departamento de Bem-Estar Animal, Luciane Baretta, diariamente são atendidos diversos animais em estado de emergência, porém muitos desses atendimentos resultam na instalação do animal nas dependências do canil para tratamento, até que ele esteja reabilitado. “Atendemos muitos bichinhos. Alguns precisam ficar mais tempo para receber cuidados. Porém, após tratados, é necessário que eles sejam adotados para que não voltem para rua e para que possamos atender outros animais que necessitam de atenção”, afirmou.

Adotar é um ato de amor e quando você toma essa atitude contribui na diminuição do número de animais de rua. No entanto, quem estiver pensando em ter um bichinho de estimação deve, antes de tudo, pensar em uma série de questões relacionadas à adoção responsável. Interessados, que tiverem condições financeiras e de acomodação, além de muito amor para dar, podem acessar o site do Catioro Go! A página, lançada pela Administração Municipal em 2016, apresenta a foto, o nome e o sexo do cachorrinho. Para adotar pelo site, basta clicar em “Capturar Catioro” e fazer o login em uma conta do Facebook. O candidato a adotante terá sete dias para buscar o cãozinho no canil. Caso passe o prazo, o cão voltará para a página e ficará disponível para adoção por outra pessoa.

Quem não tiver perfil no Facebook ou não quiser fazer login na rede social poderá também “capturar o catiorineo”. Para isso, basta ligar para o telefone (51) 3433-8180 e falar com a coordenadora Luciane Baretta. Por esta forma, também é aberto prazo de sete dias para que a pessoa busque o animalzinho. O Canil Municipal de Esteio, mantido e operado pela Prefeitura, fica na Av. Luiz Pasteur, 7275, Bairro Três Marias, junto ao Galpão da Cootre e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Para adotar, é necessário ser maior de idade, apresentar RG, comprovante de residência e assinar o termo de adoção.

Texto:
Vitória Costa 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1