20200116 LauraHahnerNienow LiberacaoCarcara abre
Foto: Laura Hahner Nienow
A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Veterinária (Samuvet) de Esteio, gerenciado pela Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), libertou mais um animal silvestre em seu habitat na manhã desta quinta-feira (16). Davi, um carcará (espécie de ave de rapina), foi solto em uma área úmida próxima à Av. César Antônio Bettanin, após receber tratamento para a pata esquerda, que estava machucada. Assim que foi retirado da caixa de transporte, Davi alçou voo e se juntou a outros pássaros da mesma espécie que ficam naquela região.

A ave havia sido localizada por agentes da Guarda Municipal durante ronda na noite de 20 de dezembro, uma sexta-feira, embaixo de uma árvore na Av. João Paulo I, no Jardim Planalto. Cristiane Argenti, 39 anos, estava passando pelo local quando viu a movimentação dos guardas. “Como já era tarde, me ofereci a ficar com a ave”, conta. Como o setor de Bem-Estar Animal não funciona aos finais de semana, o pássaro ficou sob os cuidados dela até a segunda-feira seguinte. Durante este tempo, ela recebeu orientações da coordenadora do Bem-Estar Animal, Luciane Baretta, sobre os cuidados com o animal. “Todo mundo ia ver ele. Chamei as crianças para conhecer. Gravei vídeos para mandar para a bióloga, para que ela visse como ele estava”, explicou.

Após buscar o pássaro na casa de Cristiane, ele foi encaminhado pelo Samuvet para o Núcleo de Conservação e Reabilitação de Animais Silvestres (Preservas) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), em Porto Alegre, para receber o devido tratamento. Nesta quarta-feira (15), Davi já estava com a saúde recuperada e recebeu alta, podendo retornar à natureza.

 

Samuvet
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Veterinária (Samuvet) de Esteio entrou em operação em dezembro e possui veículo equipado com maca, cilindro de oxigênio, balança, medidor de glicose, bomba de infusão, entre outros equipamentos. Ele é usado nos deslocamentos da veterinária da Coordenadoria de Bem-Estar Animal da SMMA para atendimentos, tanto os agendados previamente, quanto aqueles de emergência. Em seu primeiro mês de funcionamento, o Samuvet efetuou 78 atendimentos veterinários no Município.

Os atendimentos do Samuvet são realizados por ordem de urgência, ou seja, não é semelhante ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Além disso, é necessário que, no momento da avaliação veterinária, alguém esteja junto ao animal para o qual o atendimento foi solicitado.

Quem pode solicitar: responsáveis por cães e gatos comunitários (que vivem nas ruas) e famílias com registro no Cadastro Único dos programas sociais do Governo Federal (CadÚnico)
Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Como solicitar: através da Ouvidoria, pelo telefone 0800-541-0400 e pelo aplicativo Fiscale.vc (disponível para baixar na App Store, para dispositivos da Apple, e na Google Play, no caso de aparelhos com sistema Android)

 

 

gallery1 gallery1 gallery1