20191213 EduardoBarattoLeonardi FormaturaProerd abre
Fotos: Eduardo Baratto Leonardi
Nesta sexta-feira (13), mais 422 alunos do 5º ano de escolas municipais, estaduais e particulares de Esteio concluíram o curso de formação do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), iniciativa do 34º Batalhão da Brigada Militar que conta com o apoio da Prefeitura Municipal. A iniciativa visa prevenir o uso indevido de drogas entre as crianças e adolescentes, através de um curso desenvolvido nas instituições de ensino, com a participação da família, professores e comunidade escolar. O vice-prefeito Jaime da Rosa participou do ato, realizada na Câmara de Vereadores.

 

“Tive a oportunidade de participar de um projeto semelhante ao Proerd no Exército em minha cidade natal, Rosário do Sul. Ali aprendi muitas coisas que pude compartilhar e ajudar outras pessoas, mensagens como as que vocês estão levando deste curso, de dizer não às drogas, não entrar nessa”, comentou Jaime.

 

O assessor de projetos, tecnologia e inovação da Secretaria Municipal de Educação (SME), João Kupka, incentivou os jovens a disseminarem as informações aprendidas no curso para amigos e familiares. “Não guardem os ensinamentos em um baú, passem aos demais, seja dizendo não às drogas ou dando conselho para que outras pessoas também digam não”, apontou.

 

Além dos certificados, foram entregues os prêmios do concurso de redação do Proerd, mais o reconhecimento ao aluno e às escolas destaque. O programa surgiu nos Estados Unidos, em 1983, na cidade de Los Angeles, e foi se expandido rapidamente. Hoje, é desenvolvido em mais de 65 países, já tendo atendido a mais de 35 milhões de crianças.

 

No Brasil, ele chegou em 1992, através da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Depois, foi implantado em São Paulo, em 1993. No Rio Grande do Sul, teve início em 1998, com a formação da primeira turma de crianças na Escola Piratini, em Porto Alegre.

 

Os alunos inscritos participam de 10 encontros, uma vez por semana, no ambiente escolar. Os conteúdos são debatidos entre o instrutor e os alunos, que exercitam o aprendizado com as atividades propostas na Cartilha do Estudante do Proerd, fornecida gratuitamente.

 

Texto: Eduardo Baratto Leonardi

 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1