Das 360 famílias que foram sorteadas para morar no Residencial Boqueirão, empreendimento do programa Minha Casa Minha Vida em Esteio, 110 participaram, nesta terça-feira (7), da escolha das unidades com acessibilidade para idosos e pessoas com deficiência.

Os contemplados reuniram-se, durante a tarde, na Casa dos Conselhos da Prefeitura Municipal para escolher o andar e o bloco onde irão residir. “Por ir morar sozinha, escolhi o segundo andar porque acho mais seguro”, conta Oraída Pereira da Silveira, 73 anos. “Me surpreendi com o tamanho e com a organização do local”, completou a futura moradora.

Nesta sexta-feira (10), a partir das 9h, será a vez dos demais contemplados pelo programa Minha Casa Minha Vida, em Esteio escolherem em qual unidade gostariam de morar. O evento será no próprio condomínio (Estrada da Boqueirão, 670). Caso mais de uma pessoa escolha o mesmo local, o proprietário será definido por sorteio.

Cada unidade habitacional do Residencial Boqueirão, voltado para famílias com renda de até três salários mínimos, tem dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, somando uma área de 43,11 m². O conjunto, com 18 blocos de cinco andares cada, tem em seu espaço comum quiosques, salão de festas com churrasqueiras e quadra esportiva, numa área total de 17 mil m². Os apartamentos possuem um método diferente de construção. Os pré-moldados de concreto das paredes e lajes dos prédios chegaram ao canteiro de obras prontos para serem encaixados, além da utilização de divisórias em fibrocimento (também conhecidas como drywall). Pela nova forma, a construção se tornou mais limpa, com redução de insumos e do desperdício, além de garantir qualidade, uniformização e agilidade à obra.

O loteamento é o primeiro após a adesão do município ao Minha Casa Minha Vida 2, realizada em agosto de 2011, e teve seu projeto aprovado em abril de 2012. Será o quarto empreendimento do Minha Casa em Esteio, ação do Governo Federal financiada pela CEF e gerenciada no município pela Prefeitura. O Boqueirão é o maior residencial oferecido pelo programa no município. Já foram entregues 592 unidades habitacionais nos residenciais Renascer 1 (192 apartamentos), Renascer 2 (160 apartamentos) e o Quaraí (240 apartamentos). Além destes, outras 142 unidades já foram entregues no final da Rua Rio Grande, dentro do projeto de Renaturalização do Arroio Sapucaia (construção da Avenida Brasil, chamada de Beira-Arroio).