Formatura de guardas municipais em novembro de 2012 (Foto: Eduardo Baratto Leonardi)
Formatura de guardas municipais em novembro de 2012 (Foto: Eduardo Baratto Leonardi)
Em 2009, Esteio assinou convênio com o Ministério da Justiça para o desenvolvimento de uma inédita capacitação voltada para guardas municipais. Começava a tomar forma a Academia Integrada de Guardas Municipais do Rio Grande do Sul (AGM). Desde as primeiras aulas do treinamento, no final de 2011, até o mês passado, 21 turmas já foram realizadas, com a qualificação de 552 agentes.

 

No final de março, a Prefeitura do Rio Grande aderiu à iniciativa, ampliando o número de municípios que oferecem o curso a seus guardas municipais. Além da cidade do Sul do Estado, estão previstas turmas com participação de 611 agentes de Uruguaiana, Flores da Cunha, Caxias do Sul, Gravataí, Montenegro, Estância Velha, São Sebastião do Caí, Canoas, Porto Alegre e Esteio. Atualmente, duas turmas na Capital gaúcha estão com datas para começar, nos dias 15 e 16 de abril. Uma turma está em andamento em Canoas, com a participação de 13 alunos.

 

Academia segue programa nacional

O conteúdo do curso segue o previsto na Matriz Curricular Nacional da Academia, modelo padrão aplicado para todo o país, respeitando as particularidades de cada região. As aulas são presenciais e os alunos têm à disposição apoio online.

 

A carga horária total da capacitação é de 476 horas. Destas, 16 horas de aulas ocorrem no município de cada guarda municipal participante para discutir a especificidade do local.

 

A iniciativa da Academia de Guardas Municipais é da Associação de Secretários e Gestores de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul (ASGMUSP) com apoio da Prefeitura de Esteio. A Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma) é a responsável pela coordenação da formação. As ações integram o Programa de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).