20200730 AdrianoRosadaRocha EntregaAtividadesMateriaisEmeja abre
Fotos: Adriano Rosa da Rocha
Assim como nas demais instituições de ensino da rede municipal de Esteio, a Escola Municipal de Educação de Jovens e Adultos (Emeja) Anisio Teixeira também está fazendo, desde maio, a entrega semanal a seus alunos de atividades para realização em casa, em meio eletrônico ou, para quem não possui acesso à Internet, presencialmente. A distribuição é feita na escola às terças e quintas-feiras. A medida, adotada pela rede da Secretaria Municipal de Educação (SME) como alternativa à suspensão das aulas presenciais em função da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), tem como objetivo complementar as 800 horas de aulas que os estudantes precisam cumprir de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

 

Para auxiliar na realização das atividades, os alunos podem visualizar o material de apoio publicado no Portal EducaEsteio. O repositório virtual, disponibilizado pela SME, em junho, possui conteúdos e recursos pedagógicos complementares, atualizados frequentemente, bem como uma biblioteca digital, na qual podem ser encontrados diversos livros das categorias infanto-juvenil, literatura, não ficção, quadrinhos e didático. Também pelo EducaEsteio os alunos podem abrir a página da Emeja no Facebook, na qual encontram informações e avisos sobre as atividades da instituição.

 

Além dos exercícios, os alunos receberam um kit com materiais escolares contendo itens como mochila, caderno, lápis, borracha e régua, entre outros. Eles também são beneficiados pela distribuição de cestas de alimentos, outra medida implementada pela SME desde o início da pandemia. Na próxima terça (4) e quinta-feira (6), será realizada a entrega referente ao mês de agosto para famílias de estudantes selecionadas a partir da análise de uma série de critérios que comprovaram a vulnerabilidade, como o cadastro no Bolsa Família e o fluxo de renda familiar interrompido (desemprego e autônomos que não estão exercendo suas atividades laborais). Cada kit possui cerca de 13 kg alimentos não-perecíveis como arroz, feijão, farinha e macarrão, bem como um kit de contendo verduras, legumes e frutas como banana, maçã, chuchu, cenoura e repolho, entre outros.

 

Inaugurada em fevereiro, a Emeja Anisio Teixeira, primeira instituição de ensino de Esteio direcionada exclusivamente à EJA, está com 292 matriculados, segundo os registros da SME. Ela é destinada a pessoas maiores de 18 anos que desejam concluir o Ensino Fundamental e está dividida em totalidades: Anos Iniciais; que corresponde às Totalidades Iniciais (T1, T2, T3 e T4); e Anos Finais, que corresponde às Totalidades Finais (T5, T6, T7 e T8). Cada totalidade tem a duração de um semestre.

 

Além de centralizar em um único local, no Centro da cidade, a oferta de vagas na EJA, a instituição ampliou a oferta de horários para a modalidade. Além das aulas à noite, a Emeja tem turmas nos turnos da tarde e da manhã. Isso possibilitou que pessoas com trabalhos noturnos pudessem buscar a conclusão de seus estudos. Mais informações sobre a Educação de Jovens e Adultos em Esteio podem ser obtidas junto à SME, pelo telefone 3473-0601.

 

Suspensão das aulas presenciais é ampliada até o final de agosto 

Na última sexta-feira (24), o prefeito Leonardo Pascoal assinou o Decreto Municipal Nº 6.659, que prorroga até o dia 28 de agosto a suspensão das aulas presenciais nas instituições de Educação Infantil e de Ensino Fundamental da rede da Secretaria Municipal de Educação (SME). Desta forma, as escolas seguirão com as estratégias estabelecidas no Programa Emergencial de Educação (PEED), lançado no final de maio, e que tem por objetivo assegurar a manutenção do vínculo escolar e a continuidade do processo educativo. A iniciativa prevê, além da disponibilização de atividades online, a ida até a casa dos estudantes por professores visitadores, visando atender a alunos sem acesso à Internet oriundos de famílias em situação de vulnerabilidade social.

 

O PEED oferta também de conteúdos voltados à Educação Infantil para serem trabalhados em casa; disponibiliza para os alunos do Ensino Fundamental um repositório virtual para complementar as atividades escolares obrigatórias; e estabelece a realização de uma reunião semanal entre professores e estudantes para tirar dúvidas.

 

Caso o aluno não tenha como participar das reuniões e das atividades pela Internet, ele poderá ser incluído no atendimento domiciliar. As visitas domiciliares são feitas por educadores da rede municipal que se inscreveram para participar no projeto. Eles atuam com uma carga horária de 20h por semana, sendo que 10h serão destinadas a deslocamentos e produção de relatórios, e receberão remuneração adicional.

 

A perspectiva da Prefeitura é que as aulas presenciais sejam retomadas na rede da SME a partir de setembro. Esta previsão pode mudar conforme a situação da pandemia na cidade e no Rio Grande do Sul.

 

Emeja Anisio Teixeira

Endereço: Av. Dom Pedro, 73 - 3º andar - Centro

Telefone: 3459-4092

 

gallery1 gallery1 gallery1