20190507 IngridKasper CampanhaVacinacaoGripe 002
Foto: Ingrid Kasper
Encerra-se no dia 30 de junho a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), até esta quinta-feira (18) foram aplicadas 17.530 doses em integrantes do grupo prioritário, o que representa uma cobertura de 75,02%, abaixo da meta de 90% estipulada pelo Ministério da Saúde. Somados às vacinas dadas a pessoas com comorbidades (que não entram no cálculo da meta), o Município já conta com 21.637 pessoas imunizadas.

Dentre os públicos que devem ser imunizados estão crianças de seis meses a seis anos incompletos, gestantes, puérperas (mães que deram à luz recentemente – até 45 dias), pessoas com deficiência, idosos, profissionais da saúde, pessoas de 55 anos a 60 anos incompletos, professores da rede pública e privada, membros das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte público coletivo, portuários, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Apesar da procura intensa pela vacina por alguns grupos, a SMS alerta para a baixa taxa de imunização de crianças de seis meses a seis anos incompletos. Até o momento, apenas 1.623 doses foram aplicadas, resultando na cobertura de 28,25% deste público. A vacinação para este grupo pode ser realizada de duas formas: levando meninos e meninas até uma UBS com vacinação disponível (veja endereços e horários abaixo) ou por meio das equipes da SMS que estão levando a imunização de casa em casa. Por mais que não proteja contra o novo coronavírus (COVID-19), a vacina pode evitar o contágio com outras variações da gripe (como os tipos A H1N1, A H3N2 e B), reduzindo o risco, por exemplo, de ter que buscar atendimento nos serviços de saúde em razão de outras doenças respiratórias.

Para aplicação da vacina em casa em crianças, os agentes da SMS estão seguindo os endereços que constam no sistema de prontuário eletrônico. Não há, no entanto, um cronograma de vacinação e nem agendamento. É importante que pais ou responsáveis recebam as equipes de vacinação. Nos bairros atendidos por UBSs que contam com estratégia de saúde da família (ESF), a vacina será aplicada pelos próprios agentes (Caic, Cruzeiro, Ezequiel, Jardim Planalto, Novo Esteio, Pedreira e Votorantim). Nos bairros atendidos pelas UBSs Centro, Claret, Esperança e Tamandaré, a vacina será feita por servidores da SMS.

Assim como as crianças, esteienses dos demais grupos prioritários ainda podem ser imunizados. Basta comparecer à UBS mais próxima de sua residência. Entretanto é necessário tomar os devidos cuidados para evitar o contagio com o novo coronavírus (COVID-19), utilizando máscara de proteção facial e mantendo a distância mínima de 2 metros entre pessoas enquanto aguarda para ingressar na sala de imunização. É importante lembrar, também, de levar a carteira de vacinação, caso a pessoa tenha, bem como o prontuário médico ou receita de medicamento que comprove a portabilidade de doenças crônicas. Pessoas com deficiência (PCD) têm, como alternativa, a opção de serem vacinadas em casa, com horário marcado. Basta ligar para o número 3033-1207, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e fazer o agendamento.

A vacina não protege contra o novo coronavírus. No entanto, ela é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem influenza na triagem de casos para o coronavírus e também evitar a hospitalização de pacientes com gripe, deixando os serviços de saúde livres para tratar dos casos de COVID-19.

Vacinação contra a gripe em Esteio
Prazo de vacinação: até 30 de junho

Público-alvo
- crianças de seis meses a seis anos incompletos
- gestantes
- puérperas (mães que deram à luz recentemente - até 45 dias)
- pessoas com deficiência
- idosos
- profissionais da saúde
- pessoas de 55 anos a 60 anos incompletos
- professores da rede pública e privada
- membros das forças de segurança e salvamento
- pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais
- caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte público coletivo, portuários
- adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas
- indígenas
- população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional

Horários e locais de vacinação*
Horário das salas de vacinação durante a campanha: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30min e das 13h às 16h30min

UBS Nickollas Gomes (Centro)
Rua Fernando Ferrari, 948 - Centro

UBS Cruzeiro
Rua Hortêncio Guilhermino Batuta, 52 - Vila Cruzeiro

UBS Prefeito Juan Pio Germano (Ezequiel)
Rua Ezequiel Nunes Filho, 79 - Vila Ezequiel

UBS Jardim Planalto
Av. Porto Alegre, 987 - Jardim Planalto

UBS Novo Esteio
Av. Celina Chaves Kroeff, 405 - Novo Esteio

UBS Parque Claret
Av. João Neves da Fontoura, 347 - Parque Claret

UBS Dr. Pedro Ernesto L. de Menezes (Primavera)
Rua Orestes Pianta, 200 - Parque Primavera (ao lado do Centro de Convivência Território de Paz)

UBS José Mario de Carvalho (Tamandaré)
Rua Vila Lobos, 1023 - Tamandaré

UBS Votorantim
Rua Ayrton Senna da Silva, 229 - Votorantim

SAE (Serviço de Assistência Especializada em DST HIV-AIDS) e Tisiologia**
Av. Padre Claret, 646 - Centro
**Somente para usuários do serviço

*A UBS Esperança e a UBS Pedreira não terão aplicação da vacina