20191007 sarampo EBC
Foto: EBC/Divugação

A partir da próxima segunda-feira (25), crianças de seis meses a seis anos incompletos e pessoas com deficiência receberão em casa a vacina contra a gripe. A medida, estabelecida pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), visa aumentar a cobertura deste grupo prioritário, que faz parte do público-alvo da terceira e última fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Até a última quarta-feira (20), apenas 635 crianças esteienses haviam recebido a imunização, o que corresponde a 11% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para o Município. Até o mesmo dia, 22 pessoas com deficiência também haviam sido imunizadas (não há uma meta definida pelo MS).

Os endereços das crianças que precisam receber a imunização consta no sistema de prontuário eletrônico (G-MUS) usado pelas unidades básicas de saúde (UBSs) e SMS. Nos bairros atendidos por UBSs que contam com equipes de estratégia de saúde da família (ESF), a vacina será aplicada pelos próprios agentes (Caic, Cruzeiro, Ezequiel, Jardim Planalto, Novo Esteio, Pedreira e Votorantim). Nos bairros atendidos pelas UBSs Centro, Claret, Esperança e Tamandaré, a vacina será feita por servidores da SMS. Não haverá um cronograma de vacinação e nem agendamento.

Para receberem os vacinadores em casa, os deficientes deverão fazer uma ligação para o telefone 3033-1207 e agendar a aplicação da vacina. A chamada pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.


Campanha até o dia 5
Até o dia 5 de junho, está ocorrendo a segunda etapa da terceira e última fase da imunização, com foco nos adultos de 55 a 60 anos incompletos e os professores da rede pública e privada.

A vacina está sendo aplicada nas unidades básicas de saúde (UBS) que possuem sala de vacinação (exceto nas UBS Esperança e Pedreira) de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30min e das 13h às 16h30min (confira os endereços abaixo). Usuários do Serviço de Assistência Especializada em DST HIV-AIDS (SAE) e Tisiologia poderão procurar o local para receber a vacina.

Embora o grupo alvo da ação mude a cada período, pessoas que fazem parte do público estabelecido pelo MS para receber a vacina e que ainda não foram imunizadas podem procurar as UBSs para receber a dose durante toda a campanha: gestantes, puérperas (mães que deram à luz recentemente - até 45 dias), idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde, membros das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas e cobradores do transporte público coletivo, portuários, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

As pessoas que forem até as unidades de saúde devem tomar cuidados para evitar o contágio com o novo coronavírus (COVID-19) utilizando máscara de proteção facial e mantendo a distância mínima entre pessoas de 2 metros enquanto aguarda para ingressar na sala de imunização. É importante lembrar, também, de levar a carteira de vacinação, caso a pessoa tenha, bem como o prontuário médico ou receita de medicamento que comprove a portabilidade de doenças cronicas.

A vacina não protege contra o novo coronavírus (COVID-19). No entanto, ela é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem influenza na triagem de casos para o coronavírus e também evitar a hospitalização de pacientes com gripe, deixando os serviços de saúde livres para tratar dos casos de COVID-19.

Segundo dados da SMS repassados ao MS, até a última quarta-feira (11) 18,8 mil esteienses já haviam sido imunizados contra a gripe, o que representa mais de 21% da população. Os excelentes números são puxados pelos idosos, que também foram vacinados em casa, com mais de 12,5 mil doses aplicadas (126,5% da média).


Vacinação em casa contra a gripe – Crianças e deficientes
Público alvo: Crianças de seis meses a seis anos incompletos (cinco anos, 11 meses e 29 dias) e deficientes
Processo: Crianças receberão a dose em casa (a partir do endereço que consta no sistema da SMS) sem data específica . Deficientes precisam agendar a vacina pelo telefone 3033-1207, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h


Vacinação contra a gripe em Esteio – segunda etapa/terceira fase – Nas UBSs
Público-alvo (conforme determinação do Ministério da Saúde)*
Até 5 de junho: Pessoas de 55 anos a 60 anos incompletos e professores da rede pública e privada
* Pessoas dos demais grupos prioritários que ainda não foram vacinadas podem procurar as UBSs para receber a imunização


Locais de vacinação*
Horário das salas de vacinação durante a campanha: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30min e das 13h às 16h30min

UBS Nickollas Gomes (Centro)
Rua Fernando Ferrari, 948 - Centro

UBS Cruzeiro
Rua Hortêncio Guilhermino Batuta, 52 - Vila Cruzeiro

UBS Prefeito Juan Pio Germano (Ezequiel)
Rua Ezequiel Nunes Filho, 79 - Vila Ezequiel

UBS Jardim Planalto
Av. Porto Alegre, 987 - Jardim Planalto

UBS Novo Esteio
Av. Celina Chaves Kroeff, 405 - Novo Esteio

UBS Parque Claret
Av. João Neves da Fontoura, 347 - Parque Claret

UBS Dr. Pedro Ernesto L. de Menezes (Primavera)
Rua Orestes Pianta, 200 - Parque Primavera (ao lado do Centro de Convivência Território de Paz)

UBS José Mario de Carvalho (Tamandaré)
Rua Vila Lobos, 1023 - Tamandaré

UBS Votorantim
Rua Ayrton Senna da Silva, 229 - Votorantim

SAE (Serviço de Assistência Especializada em DST HIV-AIDS) e Tisiologia**
Av. Padre Claret, 646 - Centro
**Somente para usuários do serviço

*A UBS Esperança e a UBS Pedreira não terão aplicação da vacina