20200401 JoaoMarcosAGriszewski DoacaoInBetta abre
Fotos: João Marcos Griszewski/Divulgação e Vitória Costa
O prefeito Leonardo Pascoal recebeu, na tarde desta quarta-feira (1º), uma doação de 3 mil máscaras descartáveis do Grupo InBetta. Foram entregues 2 mil unidades do tipo PFF1 (eficiência mínima de 80%) e outras mil do tipo PFF2 (eficiência mínima de 94%), itens essenciais de proteção individual neste período de epidemia do novo coronavírus (Covid-19). Os artigos serão destinados para uso pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Hospital São Camilo.

 

Uma outra mobilização realizada por empresários esteienses resultou na doação, também nesta quarta, de mais de 50 itens de limpeza à SMS. Os donativos foram entregues à titular da pasta, Ana Boll, por um representante do grupo que organizou a ação, William Muzykant, atual presidente do Conselho Municipal de Saúde. Foram doados dez kits com balde, rodos, vassouras, panos e luvas, além de mais de 30 esponjas.

 

Conforme a secretaria, os materiais serão separados e distribuídos a unidades básicas de saúde (UBS) esteienses. Em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a higienização dos espaços de atendimento da rede de saúde foi intensificada, aumentado, por consequência, o uso de produtos para fazer a limpeza.

 

Rede de Solidariedade Covid-19

Outra forma de ajudar em Esteio neste momento de crise sanitária causada pela Covid-19 é a Rede de Solidariedade Covid-19, parceria entre a Prefeitura Municipal e os clubes de serviços Lions Clube Esteio Centro e Exposição e Rotary Club de Esteio. Interessados em contribuir com a iniciativa doando alimentos ou produtos de higiene pessoal e de limpeza devem entrar em contato pelo telefone (51) 99719-9604 (Whatsapp habilitado) e combinar a entrega das doações.

Já quem precisa de algum auxílio e deseja solicitar ajuda precisa preencher o formulário disponível neste link ou enviar uma mensagem via Whatsapp para o número (51) 99719-9604. Após o preenchimento dos dados, que é obrigatório, a pessoa deve aguardar o contato da equipe da Rede de Solidariedade.

Como buscar tratamento para o coronavírus em Esteio?

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que o primeiro passo para pessoas com sintomas de coronavírus não é ir a unidades básicas de saúde (UBS) ou ao Hospital São Camilo, até como forma de evitar aglomerações nestes locais. Inicialmente, a pessoa deve ligar para o telefone 3459-4723, criado pela SMS de Esteio especificamente para orientações e dúvidas sobre a Covid-19.

Se o atendente constatar a necessidade de atendimento presencial, vai orientar para que a pessoa se dirija a uma UBS, que deve ser procurada, também, caso os sintomas se agravem. São as próprias UBSs que vão indicar que a pessoa busque atendimento no Hospital São Camilo.

Dúvidas e orientações também podem ser esclarecidas pelo e-mail esteiocoronavirusinfo@gmail.com.

Conforme o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde desta terça-feira (31), Esteio não tem casos de Covid-19 confirmados. No Rio Grande do Sul, 306 pacientes testaram positivo para a doença.

 

Coronavírus (Covid-19)

 

Dúvidas e comunicação de suspeitas

Telefones: 3459-4723 e 3473-6377 (opção 1 - informações sobre o coronavírus)

E-mail: esteiocoronavirusinfo@gmail.com

Site especial da Secretaria Estadual da Saúde: saude.rs.gov.br/coronavirus

Mapa de casos em tempo real no Rio Grande do Sul: ti.saude.rs.gov.br/covid19/

Aplicativo Coronavírus - SUS (Ministério da Saúde): disponível nas lojas de aplicativos App Store (iOS) e Google Play (Android)

 

Sintomas

Febre

Tosse

Dificuldade para respirar

- Evite ir direto ao Hospital São Camilo. Pessoas com sintomas da doença devem ligar para o telefone 3459-4723 ou 3473-6377 (opção 1 - informações sobre o coronavírus) 

- Se o atendente constatar a necessidade de atendimento presencial, vai orientar para que a pessoa procure uma unidade básica de saúde (UBS), que deve ser procurada, também, caso os sintomas se agravem

- As UBSs indicarão que a pessoa procure atendimento no Hospital São Camilo

 

Prevenção

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização

- Usar álcool gel somente como uma segunda opção, no caso de não ter como lavar as mãos com água e sabão

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, usando um lenço descartável ou a dobra do cotovelo

- Evitar aglomerações

- Se puder, fique em casa. Saia somente para compra de medicamentos ou alimentos

- A máscara descartável deve ser usada somente por pessoas com sintomas da doença

  Clique aqui para mais informações

gallery1 gallery1 gallery1