20191007 sarampo EBC
Foto: EBC/Divugação

Começou na última segunda-feira (10) em todo o país a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Em Esteio, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) oferece a imunização em todas as unidades básicas de Saúde (UBS) com sala de vacina, exceto as UBSs Pedreira e Esperança (veja os endereços e horários abaixo). A atual etapa, a terceira dentro do cronograma estabelecido pelo Ministério da Saúde, tem como público-alvo crianças e adolescentes com idade entre cinco e 19 anos que não estejam com as vacinas em dia.

Quem tiver dificuldade para ir até um posto de saúde até sexta-feira (14) terá a chance de realizar a imunização no sábado (15), quando as UBSs abrem para o Dia D de vacinação (exceto a UBS Tamandaré), das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia.

Vale lembrar, que é necessário tomar duas doses da vacina para concluir o esquema vacinal contra o sarampo. A imunização ocorre por meio da vacina Tríplice Viral, que além do sarampo previne também a caxumba e a rubéola.

 

Mobilização para frear avanço da doença
Conforme o Ministério da Saúde, a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo tem por objetivo promover uma mobilização em todo o país, a fim de evitar o avanço do vírus. Anos atrás, a doença estava erradicada, mas surtos na Europa e em países das Américas, somados à divulgação de notícias falsas e à baixa procura pela vacina pela população, resultaram no ressurgimento da enfermidade, sobretudo no estado de São Paulo. 

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Os principais sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.

 

Etapas da campanha
Com o objetivo de interromper a transmissão do sarampo, eliminar a circulação do vírus e garantir cobertura vacinal, o Ministério da Saúde traçou uma estratégia nacional. As duas primeiras etapas já ocorreram em 2019, para crianças de seis meses até cinco anos de idade, e para a população de 20 a 29 anos. Em 2020, serão três etapas:
Até sábado (15): público de cinco a 19 anos
Entre junho e agosto: reforço para o público de 20 a 29 anos
Em agosto: público de 30 a 59 anos de idade


Vacinação contra sarampo – crianças e adolescentes entre cinco e 19 anos

Quando: Até sábado (15) - Dia D de Mobilização
Onde tomar a vacina:
UBS Nickollas Gomes (Centro) - Rua Fernando Ferrari, 948
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

UBS Cruzeiro - 
Rua Hortêncio Guilhermino Batuta, 52 - Vila Cruzeiro
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

UBS Prefeito Juan Pio Germano (Ezequiel) - 
Rua Ezequiel Nunes Filho, 79 - Vila Ezequiel
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

UBS Jardim Planalto - 
Av. Porto Alegre, 987 - Jardim Planalto
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

UBS Novo Esteio - 
Av. Celina Chaves Kroeff, 405 - Novo Esteio
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

UBS Parque Claret - 
Av. João Neves da Fontoura, 347 - Parque Claret
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

UBS Dr. Pedro Ernesto L. de Menezes (Primavera) - 
Rua Orestes Pianta, 200 - Parque Primavera
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

UBS José Mario de Carvalho (Tamandaré) - 
Rua Vila Lobos, 1023 - Tamandaré
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min - não abrirá no sábado

UBS Votorantim - 
Rua Ayrton Senna da Silva, 229 - Votorantim
Horário: Até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h45min, e sábado, das 8h às 17h

 

Orientações*
Quem tomou apenas uma dose, recomenda-se completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina.
Quem comprova as duas doses da vacina do sarampo, não precisa se vacinar novamente.
Quem não tomou nenhuma dose, perdeu o cartão ou não se lembra, são necessárias duas doses.
*Fonte: Ministério da Saúde

Saiba mais sobre o sarampo (sintomas, prevenção, causas, complicações e tratamento): http://saude.gov.br/saude-de-a-z/sarampo