20190221 EduardoBarattoLeonardi OperacaoIntegrada abre
Foto: Eduardo Baratto Leonardi
Os órgãos de segurança pública e a comunidade de Esteio tem muito o que comemorar. O ano de 2019 registrou o melhor resultado da cidade nesta área dos últimos 18 anos, desde que existe o monitoramento estatístico por parte da Secretaria de Estado da Segurança Pública. Em quase todos os indicadores houve queda no número de ocorrências quando comparado ao ano anterior.

O Município registrou, de janeiro a dezembro, 2.253 ocorrências criminais, envolvendo os crimes de homicídio doloso, latrocínio, furtos, abigeato, furto de veículos, roubos, roubo de veículo, estelionato, delitos relacionados a armas e munições, posse de entorpecentes e tráfico de entorpecentes. No mesmo período do ano anterior, houve o registro de 2.472 ocorrências.

A cidade registrou em 2019 apenas nove homicídios. Foi a primeira vez que o município ficou com apenas um dígito neste indicador, representando uma queda de 40% em relação a 2018. Outra redução expressiva foi observada no roubo de veículos, que caiu 30%, passando de 130 ocorrências em 2018 para 91 em 2019.

Pelo segundo ano consecutivo, a cidade não registrou latrocínio (roubo seguido de morte). Também houve reduções no número de ocorrências relacionadas a furtos (-3,25%), abigeato (-100%), roubos (-6,20%), estelionato (-3,85%), delitos relacionados a armas e munições (-20%) e entorpecentes-posse (-77,55%).

De acordo com o prefeito Leonardo Pascoal, o resultado é fruto de um trabalho integrado entre os órgãos de segurança. “A Brigada Militar, a Polícia Civil, a Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana e a Guarda Municipal estão cada vez mais integradas e comprometidas com a entrega de uma cidade mais segura para nossa população. Além disso, a comunidade tem apoiado as iniciativas para que Esteio possa melhorar a cada dia”, destaca Pascoal.

Os dados estatísticos da segurança foram apresentados nesta semana pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, através do Observatório Estadual da Segurança Pública, e considera os crimes consumados no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2019.

 

Ano

Homicídios doloso

Total de vítimas homicício doloso

Latrocínios

Furtos

Abigeatos*

Furto de veículos

Roubos

2019

9

10

0

1013

0

123

590

2018

15

16

0

1047

3

117

629

2017

27

32

1

1256

1

181

799

2016

24

30

2

1383

8

205

894

2015

23

26

1

1375

12

169

1079

2014

19

22

1

1610

4

185

847

2013

13

15

0

1919

6

177

844

2012

19

19

0

1909

15

237

706

2011

11

**

0

1.799

**

175

810

2010

24

**

0

1.768

**

236

904

2009

19

**

0

1.738

**

189

895

2008

24

**

0

2.172

**

110

1.089

2007

12

**

1

2.342

**

137

956

2006

16

**

1

2.312

**

155

1.109

2005

15

**

2

2.086

**

102

1.120

2004

10

**

0

2.384

**

197

1.151

2003

13

**

2

2.261

**

209

879

2002

22

**

1

1.580

**

203

531

 

Ano

Roubos de veículos

Estelionatos

Delitos relacionados a armas e munições

Entorpecentes - posse

Entorpecentes - tráfico

Total de ocorrências

2019

91

225

28

33

131

2.253

2018

130

234

35

147

99

2.472

2017

150

171

40

116

76

2.850

2016

149

131

53

103

76

3.058

2015

168

124

48

150

45

3.220

2014

126

141

52

198

66

3.271

2013

115

98

38

304

77

3.606

2012

113

110

34

450

66

3.678

2011

89

125

31

324

40

3.404

2010

138

158

31

127

18

3.404

2009

163

147

26

28

27

3.232

2008

175

127

37

21

13

3.768

2007

192

141

29

17

20

3.847

2006

389

162

33

11

10

4.198

2005

231

103

43

21

10

3.733

2004

241

103

38

45

13

4.182

2003

89

126

0

78

13

3.670

2002

79

82

1

75

6

2.580

* As ocorrências de abigeato estão contidas também na somatória das ocorrências de furto

** Informações não disponíveis

Fonte: SIP/Procergs - Atualizado em 5 de Janeiro de 2020