20191021 DjalmaCorreaPacheco InauguracaoCerpics abreUm espaço que reúne recursos terapêuticos alternativo de saúde, baseados em conhecimentos tradicionais, com massagem, homeopatia, fitoterapia, ioga, reiki, cromoterapia a acupuntura. Essa é a proposta do Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares (Cerpics), que foi inaugurado, oficialmente, na manhã desta segunda-feira (21). O Centro, que vai ofertar, ainda, dança circular e musicoterapia, atende junto ao Centro de Atenção Psicossocial Aquarela (Caps II), na Rua dos Ferroviários, 335. Antes da inauguração, a cantora Karine Cunha fez uma apresentação acompanhada do grupo de usuários da Academia de Saúde Novo Esteio.

Em sua fala, o prefeito Leonardo Pascoal destacou a importância das práticas integradas complementares, as chamadas PICs, como medidas que trabalham com a prevenção e não com o combate à doença. Pascoal salientou o trabalho do deputado federal Giovani Cherini, conhecedor das PICS e que tem trabalhado para que as práticas sejam cada vez mais usadas no sistema público de saúde, destacou o trabalho de toda a equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na construção do projeto e também agradeceu a parceria do Legislativo Municipal, representada pelo vereador Felipe Costella, na execução de diferentes ações em Esteio. “Este é um serviço que já existia, mas agora num espaço muito melhor, pensado com muito carinho, para atender com qualidade às pessoas da nossa comunidade. Estamos inaugurando um espaço novo, uma nova unidade de saúde, que se soma a outras tantas do nosso Município, muitas delas inauguradas, reformadas ou qualificadas durante a nossa gestão”, destacou.

O prefeito destacou que a Administração Municipal tem investido pesado na área de saúde e os resultados podem ser constatados ao analisar uma pesquisa apresentada no último sábado (19), em um seminário que reuniu os gestores municipais. “A área da saúde foi uma das que tiveram uma maior evolução na avaliação, por parte da comunidade, ao longo de nossa gestão”, afirmou, lembrando que a Prefeitura investe até 38% do orçamento na área, quando a Constituição obriga aplicar, no mínimo, 15%. “Saúde para nós é prioridade porque para a população saúde é prioridade”, frisou. Pascoal lembrou ainda que, assim como o Cerpics, existem em Esteio outros serviços que trabalham com a prevenção, como as academias de saúde, os grupos de orientação nutricional, de caminhadas e de atividades físicas, e as oficinas de culturais e esportivas, entre outras. “Isso é prevenção, do corpo e da mente, e permite que, lá na frente, a gente possa gastar menos com medicamentos, exames e consultas com especialistas, porque as pessoas passam a viver com qualidade de vida melhor e ficam menos doente”, destacou.

A titular da SMS, Ana Boll, fez um rápido histórico da implantação do Cerpics e do trabalho realizado para a inauguração de espaço que vai reunir as práticas integrativas, que não deixarão de ser oferecidas nas UBSs. “Pra nós, é um grande marco inaugurar esse espaço, assim como outros que já entregamos para a população, para que ela tenha mais e melhor saúde. O Cerpics vem complementar essa rede de saúde, no sentido de sairmos do olhar tradicional da saúde do consultório médico, de maneira curativa, mas que a gente trabalhe com corpo, mente e alma juntos. O ambiente criado tem tudo a ver com isso e todos se sentirão muito bem acolhidos neste espaço”, ressaltou.

O vereador Felipe Costella destacou o trabalho da Administração Municipal na área da Saúde e elogiou a implantação de mais um serviço. “Enquanto muitos municípios vêm cortando alguns serviços, Esteio vem criando. O Cerpics não estava no plano de governo, mas foi criado. Enquanto uns cumprem só o que está no papel, outros acabam criando serviços que salvam vida”, disse. “Para mim, como líder de governo na Câmara e hoje aqui representando o Parlamento Municipal, é uma honra estar aqui nessa segunda-feira. Basta a nós, do Parlamento, aplaudir os senhores que têm grande responsabilidade sobre isso. Parabéns”, finalizou.

Conhecedor, incentivador e com vários cursos na área de práticas integrativas, o deputado federal Giovani Cherini também destacou a importância do Cerpics. “Parabéns, prefeito, pela tua visão. Daqui há quatro anos, vamos nos reunir aqui de novo para ver a revolução que estamos fazendo. Isso aqui pode reduzir em até 10% os valores gastos com tratamentos de saúde”, calculou.

Depois das falas, as autoridades descerraram a fita de inauguração e foram conhecer as instalações do Cerpics.


O Centro
O Cerpics reúne recursos terapêuticos alternativos de saúde baseados em conhecimentos tradicionais. O local conta com salas para massagem, homeopatia, fitoterapia, ioga, reiki, cromoterapia e acupuntura, além de um espaço com acessibilidade, e também terá dança circular e musicoterapia. Antes de ter um espaço próprio, as práticas já são proporcionadas em algumas unidades básicas de saúde e também no Centro Integrado de Atenção em Saúde (Cias).

O acesso ao serviço ocorre através de encaminhamento pela rede de atenção básica, por meio de consultas nas unidades de saúde. As práticas integrativas e complementares não substituem o tratamento tradicional. Elas são um adicional, um complemento no tratamento e indicadas por profissionais específicos conforme as necessidades de cada caso. Conforme o Ministério da Saúde, essas atividades são reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que orienta a adoção delas nos sistemas nacionais de saúde, como o SUS, que utiliza esses recursos desde 2006.

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1