20191008 Divulgacao AlunosEsteioFenecit abre
Fotos: Divulgação
Entre os trabalhos expostos na Feira Nordestina de Ciências e Tecnologia (Fenecit), aberta nesta terça-feira (8) em Olinda (PE), três foram produzidos por estudantes da rede municipal pública de ensino de Esteio. Participam do evento, que vai até sábado (12), as pesquisas “O vendedor te persuadiu e você nem viu”, de alunos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Santo Inácio, “Colapso Ambiental”, da EMEB Érico Veríssimo, e “A Importância da Mulher na Sociedade”, da EMEB Flôres da Cunha.

 

O prefeito Leonardo Pascoal está na cidade pernambucana e acompanha os alunos expositores até esta quarta-feira (9), quando retornará a Esteio. É a primeira vez que trabalhos feitos nas escolas esteienses são inscritos na Fenecit. Os projetos foram credenciados na última edição da Feira Municipal de Ciências e Ideias de Esteio (Femuci).

 

Pascoal aproveitou a ida até Pernambuco e visitou, nesta terça-feira (8), a empresa Sandene em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. A unidade faz parte do grupo esteiense InBetta e conta com cerca de 280 funcionários.

 

Esteienses conquistaram prêmio em feira de ciências no Paraguai

Outro fato inédito da Femuci neste ano foi o credenciamento de um trabalho em uma mostra no exterior. “Os paradoxos acerca da sexualidade feminina na sociedade contemporânea”, das estudantes Ana Luiza Enzveiler e Yasmim Martins, da EMEB Oswaldo Aranha, conquistou o primeiro lugar na categoria Ciência Sociais da Ciencap, feira de ciências que foi realizada em Assunção, no Paraguai, entre 30 de setembro e a última sexta-feira (4). Com isso, elas ganharam o direito de apresentar o trabalho na Fortaleza Expo Milset Brasil, que será realizada em maio do próximo ano na capital do Ceará. Ana viajou ao país vizinho acompanhada pela professora orientadora do trabalho, Angelise Maciel, e pela representante da Secretaria Municipal de Educação (SME) Roselane Santos dos Santos.

 

Já tradicionais são os credenciamentos para a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), em São Paulo (SP), e para a Mostratec e a Mostratec Jr., em Novo Hamburgo. Na capital paulista, Esteio participará da mostra com a pesquisa “A Violência contra a Mulher no Bairro Pedreira”, da EMEB Vitorina Fabre. No Vale do Sinos, o projeto “Mutirão das estações meteorológicas modulares por estudantes do Colégio Estadual José Loureiro da Silva: uma prática educacional aberta voltada ao monitoramento ambiental colaborativo” será exposto na Mostratec, enquanto a Mostratec Jr. terá seis trabalhos de estudantes esteienses: A natureza nos encanta (EMEI Vivendo a Infância); Sabor e aroma das frutas (EMEB Trindade); Lagartixa: que bicho é esse na parede (EMEB Santo Inácio); Biblioteca Maker (EMEB Érico Veríssimo); As nossas perdas (EMEB João XXIII); e Brincando com a Matemática (EMEB Luiza Silvestre de Fraga).

 

A 28ª Femuci, realizada entre 3 e 5 de setembro, contou com com 101 pesquisas de 39 instituições de ensino municipais, estaduais e particulares, além de uma escola convidada de Portão. A exposição dos trabalhos ocorreu no Ginásio do Colégio La Salle, cedido sem custos à Prefeitura para a realização do evento. As pesquisas foram divididas em sete categorias: Educação Infantil, Ensino Fundamental – 1º ao 3º ano, Ensino Fundamental – 4º ao 6º ano, Ensino Fundamental – 7º ao 9º ano, Programa Ação Integrada Adulto e Adolescente, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Ensino Médio.

 

Texto: Eduardo Baratto Leonardi

 

gallery1