20190710 AdrianoRosadaRocha LancamentoSitro abre
Fotos: Adriano Rosa da Rocha
Um conjunto de ferramentas, ações, projetos e programas que vão oportunizar qualificação profissional, inserção no mercado de trabalho e fomento ao empreendedorismo, com atenção especial a pessoas em vulnerabilidade social. Essa é a proposta do Sistema Integrado de Trabalho, Renda e Oportunidade (Sitro), iniciativa coordenada pela Secretaria Municipal de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo (SMCTE) lançada na manhã desta quarta-feira (10) no Salão Nobre da Prefeitura de Esteio.

Em sua fala, o prefeito Leonardo Pascoal agradeceu ao empenho da SMCTE na elaboração do sistema, e lembrou que o Sitro era uma das metas da Secretaria para o ano, estabelecida no acordo de resultados para 2019. “É algo que faz parte de nosso planejamento governamental, e agora está sendo colocado, oficialmente, em curso”, iniciou. Pascoal ressaltou que o Sitro foi construído a partir de uma série de práticas que a Administração teve ao longo dos últimos dois anos e meio, como a acolhida aos refugiados venezuelanos. “Foi uma experiência gratificante. Em seis meses conseguimos emancipar 224 pessoas que vieram numa condição de extrema vulnerabilidade, que tiveram que deixar suas casas, suas famílias, que passaram por momentos em que não tinham sequer o que comer. Essas pessoas conseguiram se emancipar, entrar no mercado de trabalho, alugar suas casas e caminhar com suas pernas. Se essas pessoas, em seis meses, conseguiram isso, é natural que a gente possa conseguir isso com outras pessoas com situação, na maioria das vezes, de menor vulnerabilidade”, comparou.

O prefeito lembrou que para atingir os objetivos, o Sitro vai lidar com uma série de ferramentas, que possibilitarão desenvolvimento pessoal, cognitivo e emocional, trabalhando com a questão afetiva e de relação interpessoal, além claro, da capacitação propriamente dita. “Vamos conciliar também a oferta e a demanda que a gente tem no mercado de trabalho. Todas essas questões são importantes e a ideia do Sitro é justamente poder ter esse olhar mais global para essa realidade”, afirmou.

Pascoal citou, também, as ações voltadas ao atendimento de moradores de rua, destacando que a República Juntos, que completa um ano em agosto, já conseguiu, também, emancipar pessoas que antes moravam na rua. O prefeito também falou que a Administração Municipal tem atuado no sentido de facilitar a abertura de novos empreendimentos, com mudança na legislação ou com programas de incentivo aos empreendedores. O chefe do Executivo salientou que as medidas de assistência social devem ser temporárias. “Precisamos suprir aquelas necessidades mais básicas do ser humano, mas que a partir daí a gente coloque em curso programas, ações e projetos que possibilitem que, ali na frente, a pessoa possa caminhar com suas próprias pernas, gerando talvez empregos para que outras pessoas possam também sair de uma situação de vulnerabilidade”, ressaltou.

Titular da pasta responsável por gerir o Sitro, Tatiana Tanara disse que o sistema estava sendo construído há cerca de um ano e meio. “Quando surgiu a ideia de fazer a fusão das secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Desenvolvimento Social, já estava a base para o desenvolvimento do Sitro”, afirmou Tatiana. “Se eu tivesse que usar uma palavra para resumir o Sitro, seria conexão. Conexão de quem precisa de mão de obra, de pessoas que precisam ser inseridas no mercado de trabalho e conexão humana, que é o que a gente precisa para mudar o mundo e a gente tem conseguido”, disse a secretária. Tatiana também lembrou da Operação Venezuela, que resultou em 98% de empregabilidade. “A gente já entra no Sitro com a certeza de que tivemos uma experiência boa e de que estamos no caminho certo. É audacioso. A gente faz uma conversa direta do que há de mais moderno na gestão de empresas privadas e gestão de recursos humanos e traz isso para a gestão pública”, explicou. “Pensar nessa transformação de uma pessoa em extrema vulnerabilidade que é transformada em empreendedor ou inserida no mercado de trabalho é o que nos nutre todos os dias”, disse, pouco antes do final de sua fala. “Que seja um sistema de grande sucesso e que a gente consiga, realmente, impactar na vida de muitas pessoas, entregando para elas aquilo que há de melhor, que é a liberdade através de seu trabalho”, finalizou.

Também fizeram uso da fala a diretora de Trabalho e Empreendedorismo da SMCTE e presidente do Conselho Municipal de Emprego, Greice Gallas, responsável por conduzir o programa, e a vereadora Rute Viegas, representando o Legislativo Municipal.


Em busca de nova chance
Entre as pessoas que prestigiaram o lançamento do Sitro, umas das mais interessadas era L.B.N., 25 anos. Natural de Porto Alegre, desde os oito anos ele viveu nas ruas, se revezando entre a cidade de Laguna, no Litoral Sul catarinense, onde a mãe nasceu, e a Capital gaúcha. Para sobreviver, fazia e vendia artesanatos. Nem nos momentos de mais fome, ele roubou ou furtou. “Não sei roubar”, garante.

Há uma semana, L. chegou a Esteio. Ele veio para o Município tentar uma nova vida. Procurou ajuda na Prefeitura e foi levado para a República Juntos, no Bairro Santo Inácio. Também foi encaminhado ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Álcool e Drogas para começar um tratamento que o livre, definitivamente, da dependência química. Com apenas a terceira série do ensino fundamental, o rapaz quer aproveitar o Sitro pra se qualificar, arrumar um emprego e voltar a estudar. Os sonhos são grandes: quer se formar em Engenharia Química para entender bem o que as drogas fazem com as pessoas e poder ajudar a quem enfrenta o mesmo problema. “Eu me meti com muita química, muita química”, diz, referindo-se às drogas. “Estou agarrando essa oportunidade com unhas e dentes. Vou mudar de vida… Pode escrever aí”, diz, orientando o jornalista da Prefeitura a anotar suas palavras no bloquinho.


O Sitro
Desenvolvido pela equipe da SMCTE, o Sitro vai além de um serviço para empresas anunciarem vagas ou para trabalhadores buscarem oportunidades de colocação no mercado de trabalho e de qualificação. A ideia é ouvir das empresas da cidade e da região quais as principais carências em termos de mão-de-obra e oferecer, pelo menos uma vez por mês, capacitações a quem tiver interesse em se candidatar a vagas nessas áreas. Em reuniões iniciais, por exemplo, foi apontado pelas organizações a necessidade de pessoal de limpeza, jardinagem e pintura, que serão os temas dos primeiros cursos oferecidos pelo Sitro.

Para fazer a seleção dos participantes da capacitação, a Prefeitura aproveitará a parceria com a agência esteiense do Sistema Nacional de Empregos (Sine) e utilizará os currículos disponíveis no banco de oportunidades da instituição. Pessoas atendidas nos serviços da rede de Assistência Social, como os centros de referência (Cras), também poderão ser encaminhadas para participar dos treinamentos. Além das oportunidades de ensino, os trabalhadores terão acesso a metodologias gerenciais que permitirão conhecer mais sobre seu perfil profissional.

Mas o Sitro não ficará restrito a empregadores e empregados. O sistema também servirá para orientar quem está pensando em abrir seu próprio negócio ou para empreendedores que buscam melhorar suas atividades.

Uma das primeiras ações será a organização da 2ª Semana do Empreendedor: Qualificação da Inclusão Produtiva e Pequeno e Médio Negócios, que será realizada entre os dias 22 e 26 de julho, das 19h às 21h, no plenário da SMCTE (Rua Eng. Hener de Souza Nunes, 150 – Prédio da Prefeitura, subsolo). Para participar, basta se inscrever presencialmente ou pelo telefone do Sitro (3433-8145). A programação detalhada será divulgada em breve.


2ª Semana do Empreendedor: Qualificação da Inclusão Produtiva e Pequeno e Médio Negócios
Quando: De 22 e 26 de julho, das 19h às 21h, no plenário da SMCTE
Programação
22 de julho - Finanças
23 de julho - Marketing Digital
24 de julho - Empreendedorismo de Modelo de Negócios
25 de julho - Workshop Inteligência Emocional e Canvas
26 de julho - Talk - Cases de sucesso de pequenos e médios empreendedores 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1