20190314 LucianaAbdur SeminarioDrenagemEscolaGestao abre
Fotos: Luciana Abdur
Ampliar os conhecimentos sobre o sistema de drenagem urbana do Município e esclarecer dúvidas foi o objetivo do seminário realizado na manhã desta quinta-feira (14), na Câmara de Vereadores. Conduzida pelo engenheiro civil e titular da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SMOSU), Leomar Teichmann, a atividade teve como tema “O Sistema de Drenagem Urbana de Esteio: apresentação e análise de desempenho”.

Inicialmente, o prefeito Leonardo Pascoal agradeceu a presença de todos. “Este momento não é apenas importante pelo tema que vai ser tratado, mas também por ser o primeiro curso realizado pela Escola de Gestão Pública da Prefeitura”, disse. Pascoal acrescentou que a ação faz parte dos planos de metas de todas as secretarias municipais. “O propósito é possibilitar aos servidores o acesso a cursos de qualificação, que os auxiliarão em questões profissionais e, também, pessoais. Tenho certeza que até o final deste ano, teremos um balanço de que muitas horam foram estendidas dentro do horário de trabalho para a qualificação dos nossos servidores”, finalizou.

O seminário reuniu funcionários da SMOSU e representantes das secretarias municipais de Meio Ambiente (SMMA), de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SMDUH), de Segurança e Mobilidade Urbana (SMSMU) e de Cultura, Esporte e Lazer (SMCEL), além de profissionais da comunidade e de municípios vizinhos.

“O seminário serve para explicar como ocorrem as chuvas no Município e quais os locais com mais risco de acúmulo de água na cidade, entre outros temas relacionados à drenagem em Esteio”, afirmou Leomar. “Muitos dos dados apresentados resultam do Plano Diretor de Manejo das Águas Pluviais (PDMAP), sancionado em 2017. À época, Esteio foi pioneiro na sanção do documento, o qual estabelece as diretrizes e a normatização para a elaboração de estudos e projetos para enfrentar o problema de enchentes e alagamentos. Ele é composto por um diagnóstico da situação do sistema de drenagem pluvial do Município, incluindo mapeamento topográfico e informações georreferenciadas de todas as cerca de 5,7 mil bocas de lobo e dos mais de 300 quilômetros de redes e de canais de Esteio”, explicou.

Participaram da formação, ainda, o vice-prefeito Jaime da Rosa, o chefe de Gabinete Daniel Grassmann, o secretário de Administração Adriano Coutinho, a secretária de Meio Ambiente Sabrina Reis, o diretor administrativo da Fundação de Saúde Pública São Camilo de Esteio (Hospital São Camilo) Gerson Cutruneo, e a vereadora Rute Pereira.

Sobre a Escola de Gestão Pública
Vinculada à Secretaria Municipal de Administração (SMAD), a Escola de Gestão Pública (EGP) foi instituída pela Lei Municipal 6957/2018 e tem como objetivo capacitar os servidores através de atividades de formação e de qualificação profissional que visam desenvolver competências técnicas e comportamentais. As formações podem ser presenciais ou a distância (EAD) e fornecem certificado. Elas têm como público-alvo os servidores públicos ativos da Administração Direta, cargos em comissão, estagiários e contratos emergenciais da Prefeitura. A EGP pode trabalhar com educadores externos, por meio de parcerias e convênios com instituições de ensino, ONGs e órgãos públicos, e internos, com servidores municipais devidamente capacitados no curso de Formação de Educadores, fornecido pela própria EGP.


Texto: Luciana Abdur

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1