20190314 IngridKasper ColetaSeletivaTresPortos abre
Fotos: Ingrid Kasper
Os moradores dos bairros Três Portos e Vila Osório que quiserem entregar materiais recicláveis para a Coleta Seletiva não precisam mais fazer cadastro junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA). O novo sistema de recolhimento dos produtos começou na manhã desta quinta-feira (14). Com a mudança, o caminhão passará fixamente às quintas-feiras, por volta das 8h. Os moradores precisam apenas embalar os itens e colocar na frente da residência que o “lixo” reciclável vai ser recolhido.

Esperando pelo caminhão estava Zaira Boeira, 80 anos. A aposentada conta que deixa tudo separado ao longo da semana. “Conforme vou usando as coisas, coloco em um local separado. Acho muito legal que a cidade tenha essa iniciativa que é tão importante pro meio ambiente”, disse. Sobre a mudança, Zaira aprova. “Tenho problemas de locomoção e fica bem mais fácil poder deixar tudo junto aqui em um horário específico”, disse.

A alteração no sistema de recolhimento de resíduos recicláveis em Esteio começou a ser implantada em agosto de 2018. Desde então, o novo formato já está em uso nos bairros Tamandaré, Liberdade e Ezequiel. Entre as vantagens, estão o aumento da quantidade de materiais recolhidos e a facilidade aos moradores. A previsão é que o Novo Esteio seja o próximo bairro a receber a mudança, a partir de abril. A ampliação a novos locais está sendo possível pois, em novembro de 2018, a SMMA recebeu um novo caminhão para a coleta.

Enquanto a mudança não chega a todos os bairros da cidade, a Coleta Seletiva continua sendo realizada no Município pelo modelo de cadastro. O morador deve preencher a ficha de adesão, disponível em formulário online, e separar os materiais que deseja descartar nos dias em que o caminhão passa pela sua residência. É necessário ter alguém em casa para entregar os resíduos separados.

Todo o material reciclável recolhido pela Coleta Seletiva é encaminhado para a Cooperativa de Recicladores de Esteio (Cootre), parceria da Prefeitura, que cede o galpão onde os materiais são reciclados. O que é coletado é enviado à Cooperativa, proporcionando emprego e renda para seus integrantes, através da separação, do processamento e da venda de resíduos como plástico, papelão e alumínio.

O que pode ser reciclado
Garrafas, potes de produtos alimentícios, perfumes, produtos de limpeza, potes, embalagens, tampas, sacos, sacolas, latas, alumínio, cobre, revistas, jornais, folhas de papel, caixas de papelão, óleo de cozinha usado e materiais eletrônicos (lâmpadas não são recolhidas).
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1