20190211 IngridKasper.VoltasasAulasEducacaoInfatil Abre
Fotos: Ingrid Kasper e Gabriel Rodzinski
Com os olhares curiosos e sorrisos estampados no rosto, os pequenos alunos da Educação Infantil em Esteio tiveram o início do ano letivo nesta segunda-feira (11), com o período de inserção e adaptação. As aulas foram retomadas em escolas municipais de Educação Infantil (EMEI), escolas conveniadas, escolas particulares com as quais a Secretaria Municipal de Educação (SME) de Esteio tem contrato para a compra de vagas, e nas turmas de Educação Infantil do Centro Municipal de Educação Básica (CMEB) Paulo Freire. Pela manhã, o prefeito Leonardo Pascoal visitou escolas do Município para desejar um bom início de ano letivo.

A diretora da EMEI Colorindo o Aprender, Cíntia Couto da Silva Lemes, comentou sobre o período inicial das aulas. “Os horários de inserção, das 8h às 10h e das 14h às 16h, são estipulados junto à coordenação de Educação Infantil da SME. É um período de readaptação, no qual os alunos ainda sentem falta de casa. Eles estão se acostumando com as novas professoras e com os colegas”, explica.

Viviane Marques Farias, 40 anos, levou a filha, Gabrieli Farias, quatro anos, para iniciar seu segundo ano na Colorindo. “Ela estava ansiosa pelo retorno. A Gabrieli está sempre muito animada para vir. Nunca tive nenhum problema quanto a isso, ela gosta bastante”, conta. Viviane diz, ainda, que se sente segura com as rondas da Guarda Municipal nas instituições de ensino. “É muito bom para garantir a segurança”.

A Guarda Municipal está realizando a Operação Volta às Aulas, onde as viaturas estão envolvidas na segurança e fiscalização de trânsito nas entras e saídas de escolas. Embora a segurança ocorra o ano inteiro nas instituições, essa ação garante um maior cuidado com o período de retorno dos alunos.

Para os alunos inscritos em turmas de Educação Infantil nos outros CMEBs, as atividades serão retomadas no dia 18 de fevereiro, assim como para os estudantes do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A Educação Infantil esteiense finalizou 2018 com um total de 3.482 alunos matriculados.


Novo período de inscrições para Berçário e Maternal será aberto no fim de fevereiro

Seguindo o que diz o texto do Decreto Municipal 4.095/2009, que fala sobre as inscrições na Educação Infantil nas escolas da rede pública de Esteio, o período de solicitação de vagas em turmas de Berçário e Maternal será aberto em fevereiro. Pais ou responsáveis de crianças de zero a três anos (completos até 31 de março) poderão fazer a inscrição entre os dias 25 e 27 de fevereiro, diretamente na Secretaria Municipal de Educação (SME – Rua Alegrete, 455 – Parque Amador). Os horários e o edital serão divulgados em breve.

Podem se inscrever somente moradores de Esteio. A definição das vagas não se dá por ordem de chegada. Por isso, não há necessidade de formar filas logo no primeiro dia. A seleção é feita por uma comissão da SME, que faz a análise socioeconômica de todos os inscritos, considerando os critérios estabelecidos no mesmo decreto (clique aqui para acessar). Nele estão descritos, ainda, os documentos que precisam ser apresentados:


a) Certidão de nascimento da criança;
b) Carteira de vacinação da criança;
c) Documento de identidade e CPF dos pais ou responsáveis legais;
d) Comprovante atualizado de endereço no nome do pai, mãe ou responsável legal (água, luz ou telefone fixo). Em caso de imóvel no nome de outros, apresentar declaração de moradia registrada em cartório ou contrato de locação e mais um comprovante complementar em nome dos responsáveis (correspondências de lojas, cartão de crédito, banco, telefone móvel, televisão a cabo, etc);
e) Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) do pai, da mãe ou responsável legal;
f) Comprovante de trabalho (documentos comprobatórios: carteira de trabalho, contrato de trabalho ou declaração de trabalho autônomo);
g) Em caso de trabalho autônomo, apresentar a última declaração de imposto de renda;
h) Comprovante de renda (documento comprobatório: contracheque, extrato bancário, comprovação de benefício, pró-labore, imposto de renda calendário atual);
i) Em caso de pais separados, apresentar certidão de divórcio, separação e/ou documento comprobatório de separação de corpos;
j) Se beneficiário do Programa Bolsa Família, apresentar o Cartão no ato da inscrição e comprovante do último saque.


Texto: Ingrid Kasper

 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1