20190111 AdrianoRosadaRocha EcopontoEcolegal abre
Fotos: Adriano Rosa da Rocha
A Prefeitura de Esteio disponibiliza aos moradores da cidade espaços onde podem ser descartadas pequenas quantidades de materiais como caliça, restos de poda, metais, madeira, entre outros. Atualmente, existem dois Ecoponto no Município, nos bairros Vila Olímpica e Novo Esteio, e cinco locais com Ecolegal, nos bairros São Sebastião, São José , Jardim Planalto e Primavera.

 

Mas nem tudo pode ser despejado nestes locais, assim como há um limite de materiais descartados também. Nenhum dos locais deve ser utilizado para despejo de lixo doméstico, o qual é recolhido pelos caminhões tanto da coleta normal, quanto da coleta seletiva. Animais mortos também não podem ser jogados nestes espaços.

 

Somente pessoas físicas podem utilizar os serviços, restrito a 1 m³ por pessoa por mês (para comparação, é o volume equivalente a uma caixa d'água de 1 mil litros). No caso de empresas, de materiais que não são aceitos no Ecoponto ou no Ecolegal, ou para medidas maiores a 1 m³, será necessário fazer o descarte adequado de seus resíduos através de outros meios, contratando serviços particulares com, por exemplo, tele-entulho.

 

O Ecoponto da Rua da Paz, próximo ao Cemitério Municipal 2 de Novembro, está equipado para receber uma variedade maior de resíduos. Ali podem ser descartados papel, plástico, vidros, restos de obras, madeiras, podas de árvores e móveis velhos, entre outros, que são armazenados em contêineres específicos para cada tipo de lixo. O espaço funciona de segunda a sábado, das 8h às 17h.

 

O material deve ser separado antes do acesso ao Ecoponto, que se dá apenas através de veículos leves, já que caminhões não são permitidos. O local segue todas as normas ambientais de geração de resíduos sólidos, emissões atmosféricas, níveis de ruídos e vibrações. Além disso, o Ecoponto não tem acúmulo de materiais, já que são transportados periodicamente ao seu destino pela SMOSU.

 

No Novo Esteio, na Rua Monteiro Lobato (esquina com a Av. Rio Branco), a Prefeitura está concluindo o processo licitatório para o cercamento do local onde funciona o Ecoponto. No entanto, funcionários da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SMOSU) já estão ali para receber os descartes. Neste local, podem ser encaminhados, somente nos horários de funcionamento (segunda a sábado, das 7h30min às 19h), restos de madeira, de podas e entulhos. Descarte fora do horário de atendimento do serviço e de outros materiais são ilegais. Assim como no Ecoponto da Rua da Paz, também no Novo Esteio o recebimento é limitado a 1 m³ por pessoa por mês.

 

Os contêineres do Ecolegal começaram a ser instalados em 2017 e têm capacidade de 7 m³ cada. Atualmente, há Ecolegal nas ruas Rio Grande (junto ao Loteamento Pôr-do-Sol, próximo ao CEU), Dalva de Oliveira, São Borja, Uruguai e Paulo Pontes. Neles só podem ser descartados restos de madeira, de podas e entulhos em pequenas quantidades.

 

Jogar resíduos em áreas públicas ou terrenos baldios particulares é crime e pode gerar multa. Quem flagrar alguém descartando material irregularmente pode fazer a denúncia para a Patrulha Integrada de Proteção Ambiental (Pipa) pelo telefone 98600-8377, pelo DisquEsteio (0800-541-0400), pelo telefone da Guarda Municipal (153) ou pelo e-mail smov@esteio.rs.gov.br.

 

Ecoponto

– Limite de 1m³ por pessoa, por mês

– Somente pessoas físicas podem descartar resíduos nestes locais

Rua da Paz – Vila Olímpica

Local: próximo ao Cemitério Municipal 2 de Novembro
Horário para descartes: de segunda a sábado, das 8h às 17h

Materiais que podem ser descartados:
– papel
– plástico
– vidros
– restos de obras
– madeiras
– podas de árvores
– móveis velhos
– óleo vegetal
– restos de construção civil

 

Rua Monteiro Lobato – Novo Esteio

Local: acesso próximo à esquina com a Av. Rio Branco
Horário para descartes: de segunda a sábado, das 7h30min às 19h

Materiais que podem ser descartados:
– entulhos
– madeiras
– podas de árvores

 

Ecolegal

Materiais que podem ser descartados:
– entulhos
– madeiras
– podas de árvores

Locais:
Rua Rio Grande (junto ao Loteamento Pôr-do-Sol, próximo ao CEU)
Rua Dalva de Oliveira (Parque Primavera)
Rua São Borja (São José)
Travessa Uruguai (São Sebastião)
Rua Paulo Pontes (Jardim Planalto)

 

Lixo doméstico não pode ser descartado no Ecoponto ou no Ecolegal: o morador deve utilizar o serviço dos caminhões da Prefeitura de coleta normal e seletiva

Para volumes de resíduos maiores a 1 m³, o morador deverá contratar serviços particulares que façam o descarte correto dos materiais (mesma situação de empresas, que não podem descartar resíduos no Ecoponto e no Ecolegal)

 

Denúncias sobre descartes irregulares

Patrulha Integrada de Proteção Ambiental (Pipa): contatos pelo telefone 98600-8377 , pelo DisquEsteio (0800-541-0400), pelo telefone da Guarda Municipal (153) ou pelo e-mail smov@esteio.rs.gov.br

 

Texto: Eduardo Baratto Leonardi

 

gallery1 gallery1 gallery1