20181205 JeanMonteiro VICafeAutores abre
Fotos: Jean Monteiro
Ao som de Garota de Ipanema, interpretado pelo funcionário da Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer Alexandre Souza, o Café com Autores iniciou as atividades do sexto e último encontro do ano, na Biblioteca Municipal Rui Barbosa. Desta vez, os autores locais e da Região Metropolitana presentes eram Jairo de Souza, Maria do Carmo Silveira e Huxley Borges.O evento contou, ainda, com uma homenagem aos membros do Projeto Formar Mediadores de Leitura e Leitores: Divulgando Saberes e Livros.

Após a apresentação musical, integrantes do projeto entraram no espaço declamando versos, poemas e textos de grandes escritores da literatura brasileira como Cecília Meirelles, Carlos Drummond de Andrade e Chico Xavier. O secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Rafael Figliero, também recitou um verso da escritora Maria do Carmo, presente no evento, e parabenizou a todos os participantes. “É gratificante poder ver tantas pessoas interessadas pela leitura em nossa cidade. Muito disso se deve aos incentivos que criamos. O Projeto Formar Mediadores de Leitura e Leitores: Divulgando Saberes e Livros é um exemplo. Parabéns ao pessoal da Biblioteca pelas belas ações que realizam aqui”, disse o secretário.

Maria do Carmo Silveira, 76 anos, dedicou 37 anos de sua vida ao ato de ensinar crianças nas escolas da cidade. “Sou grata por voltar à Biblioteca Municipal. Foi aqui que comecei minha vida como escritora de poemas românticos. Já foram cinco livros lançados e, para mim, contar histórias, divertir crianças e idosos é um remédio”, destacou.

Para homenagear os mediadores voluntários, a SMCEL deu kits com livros para cada um dos sete participantes. Representando eles, Jauri Machado, falou sobre a importância da mediação para as crianças. “É preciso despertar o interesses dos pequenos pelos livros. Muitas vezes, as próprias escolas não conseguem desenvolver este papel. Aqui em Esteio, isso é feito. Conseguimos sentir a emoção e o envolvimento das crianças em cada história que contamos”, disse.

O Projeto Formar Mediadores de Leitura e Leitores: Divulgando Saberes e Livros foi iniciado em julho pela SMCEL, em parceria com a om a Confraria dos Livros e foi financiado pelo edital nº 10/2016, da Secretaria Estadual da Cultura, Turismo, Esporte. Contando com horas teóricas de mediação e práticas em mais de 20 locais da cidade, como escolas municipais, estaduais e praças, e em eventos como Semana Farroupilha, a ideia buscou descentralizar a cultura e aproximar crianças e jovens do mundo da leitura. Além de mediação, a iniciativa incentivou os escritores locais com a compra kits de livros para serem doados para as escolas da cidade que receberam a iniciativa.


Texto: Jean Monteiro

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1