20181205 CristianeFranco CapacitacaoSMCTE abre
Foto: Cristiane Franco
Repensar o cotidiano, atualizar-se e garantir que o atendimento na área da assistência social seja efetivo para a realidade das demandas da comunidade. Foi com este objetivo que a Secretaria Municipal de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo (SMCTE) promoveu, na manhã desta quarta-feira (5), uma capacitação para todos os servidores dos equipamentos públicos que atuam na área social. Na pauta, a gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e os conceitos da Política Social.

 

De acordo com a secretária Tatiana Tanara, a proposta é dar início a um processo contínuo de capacitação dos servidores que atuam no atendimento à rede de assistência social. “Este é um primeiro encontro que teremos de um novo processo de formação e capacitação de todos os nossos servidores dos equipamentos, desde as serventes até nossos técnicos. Nosso próximo encontro, visando a qualificação das nossas equipes deve acontecer em abril do próximo ano, já através da nossa Escola de Governo, com a realização de um seminário de Boas Práticas e Linhas de Pesquisas dos nossos profissionais”, explicou.

 

A advogada Ana Maria Janoski, do setor de direitos coletivos e sociais da empresa Delegações de Prefeitura Municipais (DPM), destacou que o encontro teve como princípio direcionar um olhar mais atento à gestão das políticas públicas de Assistência Social e do SUAS, o seu funcionamento e conceitos. “Trata-se de um momento para repensarmos as ações dos técnicos, que têm conhecimento da legislação, mas que muitas vezes, por conta das demandas, acaba não conseguindo cumprir exatamente como deveria. A qualificação e a atualização das equipes é fundamental para que as demandas sejam atendidas sempre em conformidade com a realidade local. E para isso, só o conhecimento e a capacitação permitem”, explicou.

 

Realizado no Salão Nobre da Prefeitura de Esteio, a atividade contou com a participação de equipes integrantes dos centros de Referência Especializados em Assistência Social (Creas), centros de Referência em Assistência Social (Cras), unidades de Referência em Assistência Social (Uras), Centro POP e Abrigo Municipal.

 

Texto: Cristiane Franco