20180705 EduardoBarattoLeonardi AssinaturaDuplicacaoObrasERS118 abre
Fotos: Eduardo Baratto Leonardi
O prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, participou, na manhã desta quinta-feira (5), da assinatura do contrato para a realização da duplicação da RS-118 entre os quilômetros 0 e 5. O ato foi realizado no gabinete do governador gaúcho, José Ivo Sartori, no Palácio Piratini, em Porto Alegre, e permite o início dos trabalhos no último trecho a ser retomado para a ampliação da rodovia. Com investimento de R$ 43,4 milhões, estão previstas a construção das novas pistas, a restauração das antigas, a execução de ruas laterais em ambos os lados da estrada, além de contenções e aterros de aproximação dos viadutos sobre a Linha da Trensurb e a Avenida Theodomiro Porto da Fonseca.

 

“Quero agradecer ao governador por seu empenho para que esta obra saísse do papel. É uma ação muito importante para Esteio e que certamente vai transformar a região em termos de mobilidade e segurança”, destacou Pascoal.

 

“Essa medida só foi possível graças à união de diferentes setores. Foi um processo difícil, realocamos mais de 300 famílias, mas, trabalhando em sintonia, tudo vai para a frente. Não vamos melhorar só a estrada, como o entorno, melhorando a mobilidade em Esteio e em Sapucaia do Sul. No fim, todo o Rio Grande do Sul será beneficiado, dado o papel importante que a rodovia tem para o Estado”, salientou Sartori.

 

Conforme o Governo do Estado, a duplicação e restauração da ERS-118 já recebeu R$ 82 milhões em investimentos desde o começo de 2015. São 14 frentes de trabalho na maioria dos 21,5 quilômetros que vão do entroncamento da BRS-290, em Gravataí, até o entroncamento da BRS-116, em Sapucaia do Sul.

 

No momento, as obras – coordenadas pela Secretaria dos Transportes e executadas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) – são executadas entre os km 5 e 21,5 e abrangem a construção de novas pistas, ruas laterais e viadutos, além da restauração das pistas antigas. O investimento previsto para 2018 é de R$ 150 milhões, com recursos do Tesouro do Estado. A expectativa do governo Sartori é de dar todas as condições para que a rodovia seja duplicada até o final deste ano.

 

Também participaram da solenidade o deputado estadual Juvir Costella, o vereador Felipe Costella, o prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier, o vice-prefeito de Sapucaia do Sul, Arlenio da Silva, o secretário adjunto dos Transportes, Vanderlan Frank Carvalho, o coordenador do projeto de duplicação da ERS-118, Vicente de Britto Pereira, o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti, e representantes da empresa Toniolo Busnello, empresa vencedora da licitação para realizar os serviços.

 

Texto: Eduardo Baratto Leonardi, com informações da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado

 

gallery1 gallery1