20180625 LucianaAbdur ReuniaoProjetoVotorantimPelaEducacao abre
Foto: Luciana Abdur
A Secretaria Municipal de Educação (SME) sediou, na manhã desta segunda-feira (25), uma reunião de mobilização social do programa Parceria Votorantim pela Educação (PVE) onde foi abordada a transformação de práticas individuais e estruturação de redes sociais como forma de disseminar ações em prol da educação. Participaram do encontro, a formadora Alessandra Tavares, do Instituto Cedac, contratado pela Votorantim Cimentos para realizar as formações; o técnico ambiental da Votorantim André Rosa, mobilizador do projeto no Município; e a técnica mobilizadora da SME, Aldaíza Nascimento.

A reunião deu início ao segundo ciclo, em Esteio, do PVE, iniciativa da Votorantim Cimentos que oferece capacitação para gestores escolares, além de ações de mobilização social em comunidades do Município.

De acordo com Alessandra Tavares, a metodologia do programa parte da ideia de que, fortalecendo a oferta por uma educação de qualidade, contribui-se diretamente para a melhoria da qualidade da educação pública municipal. “Leitura é a nossa estratégia, mas às vezes é melhor investir em outras alternativas, como redes sociais”, afirmou. “Às vezes, é melhor uma atuação coletiva, com diversidade de pessoas e de organizações que trabalhem em conjunto, do que realizar um grande evento”, disse.

Alessandra destacou, ainda, que é significativo priorizar ações pequenas que tenham a capacidade de unir as pessoas envolvendo o máximo de pessoas da rede. “É relevante a capacidade de produzir resultados e de gerar impacto com continuidade das ações coletivas, através da comunicação e interação na rede”, finalizou.

Nesta segunda-feira (25), a capacitação segue no auditório da SME pela tarde com a Gestão Educacional, com a participação do secretário de Educação, Marcos Dal'Bó, e equipe SME. Na terça-feira (26), será realizada, durante a manhã, uma oficina do Desafio Criativos da Escola com alunos do Centro Municipal de Educação Básica (CMEB) Vila Olímpica. À tarde, a reunião será com a equipe diretiva do PVE na escola. No mesmo dia, no período da noite, a atividade retorna à sede da SME, com agentes de mobilização para a aplicação da matriz de competência de mobilização.

Na quarta-feira (27), haverá um trabalho de campo com a equipe diretiva do PVE no CMEB Flôres da Cunha. Para finalizar as atividades da semana, ocorrerá uma reunião com técnicas formadoras de diretores no auditório da SME durante a tarde.


Programa Parceria Votorantim pela Educação (PVE)
O PVE tem por objetivo em contribuir para a melhoria da educação pública com ações de mobilização social e de fortalecimento da gestão pública e escolar. O objetivo é fortalecer a demanda por uma educação pública de qualidade e classificar a oferta de ensino, por meio de parceria com o poder público e a comunidade.

O Programa já tem oito anos de atuação, sendo realizado em 53 municípios com 795 escolas alcançadas. Segundo a Votorantim Cimentos, são mais de 700 mil alunos impactados pelo PVE e quase 1,6 mil diretores e coordenadores pedagógicos já capacitados.

Em mobilização social, o foco é o engajamento da comunidade, visando o aumento da participação local nas demandas por uma educação de qualidade. São utilizadas ferramentas que aproximam as famílias das escolas, incentivando e fortalecendo os conselhos escolares e estimulando o protagonismo infantil.

Na frente de fortalecimento da gestão, o PVE contribui diretamente para a qualificação da oferta de ensino. As ações buscam o desenvolvimento de competências profissionais de técnicos das secretarias de Educação, gestores educacionais e escolares. Ainda nesta frente, o PVE busca o fortalecimento da cultura de formação continuada de profissionais de educação como um todo.

O PVE conta, ainda, com metodologias, ferramentas e conteúdos de parceiros como Fundação Lemann, Todos Pela Educação, Canal Futura e Instituto Alana.


Desafio Criativos da Escola (Fonte: Criativos da Escola)
O projeto encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades, reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. O protagonismo, a empatia, a criatividade e o trabalho em equipe são os pilares centrais deste projeto que busca envolver e estimular educandos e educadores de diferentes áreas no engajamento e na atuação em suas comunidades.

O Desafio incentiva projetos protagonizados por crianças e jovens de todo o país que, apoiados por seus educadores e educadoras, estão transformando suas escolas, comunidades e municípios. Em 2017, foram selecionados 11 grupos, dentre os 1.492 projetos enviados de todas as regiões do Brasil.


Texto: Luciana Abdur