20180515 JessicaGerber EntregaPlanoMunicipalSaude abre
Fotos: Jéssica Gerber
O prefeito Leonardo Pascoal recebeu na manhã desta terça-feira (15), no seu gabinete, o secretário municipal de Saúde, Gerson Cutruneo, junto ao presidente e aos secretários do Conselho Municipal de Saúde, Rafael Iglesias, Flávia Viecelli e Moacir Oliveira. Eles fizeram a entrega oficial do Plano Municipal de Saúde de Esteio, que traz as estratégias, as metas e as ações para o setor no período de 2018 a 2021.

 

“Este plano tem entre suas metas ampliar os atendimentos especializados, conforme a população havia demandado. É importante que a comunidade tenha acesso a este projeto”, afirmou Gerson. “Estaremos juntos nesse plano, que tem importância para a saúde e para a comunidade”, disse Pascoal.

 

O documento pode ser acessado pela comunidade no site da Prefeitura e servirá para orientar as demais mudanças na área da saúde, tanto para gestores, trabalhadores do setor e cidadãos. A ampliação de atendimentos especializados na área da pediatria e ginecologista é uma das metas do plano. Ele leva em conta as alterações na legislação dos últimos anos, para fortalecer os planejamentos na área, visando a qualificação da saúde.

 

O texto destaca a importância da divisão do território em unidades de saúde como forma de garantir a integralidade das ações e de serviços para a população local. O Decreto Municipal n° 7.508, de 2011, estabeleceu os critérios para a definição destes espaços geográficos, como a referência da situação de saúde e para o dimensionamento da capacidade instalada, produção de serviços e ainda, o fluxo de acesso.

 

Sobre o Plano Municipal de Saúde

O Plano Municipal de Saúde, apresentado nesta terça-feira (15), é um dos mais importantes instrumentos de planejamento do setor no Município e deverá nortear e subsidiar todas as ações e estratégias de saúde que serão implantadas em Esteio entre os anos de 2018 a 2021. Ele é importante pois o Ministério da Saúde alterou os critérios para repasse de recursos, passando a exigir que os financiamentos estejam vinculados a ações descritas em planos municipais. Sua construção ocorreu de forma coletiva, desde setembro de 2017, pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e por representação do Conselho Municipal de Saúde (CMS), que aprovou a versão final do texto no dia 12 de abril deste ano.

 

O documento descreve toda a atual rede de saúde da cidade, detalhando suas estruturas, formas de atendimento e complexidades de assistência. Também traz as ações da Vigilância em Saúde, as ações transversais da rede de saúde, os programas especiais, o quadro de colaboradores existentes atualmente na saúde e a forma de financiamento das ações. Contém, ainda, um breve descritivo do perfil da cidade, dados populacionais com base no IBGE e dados de morbi-mortalidade.

 

Clique aqui para acessar o Plano Municipal de Saúde de Esteio 2018-2021

 

Texto: Jéssica Gerber

 

gallery1 gallery1