20180314 EduardoBarattoLeonardi EntregaEmendaDeputadoBolchiSaoCamilo abre
Fotos: Eduardo Baratto Leonardi
O prefeito Leonardo Pascoal recebeu, nesta quarta-feira (14), uma emenda parlamentar encaminhada pelo deputado federal Márcio Biolchi (atualmente secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia) no valor de R$ 500 mil, para obras na Fundação de Saúde Pública São Camilo de Esteio (Hospital São Camilo). O recurso, já inscrito no Orçamento de 2018 do Governo Federal, será utilizado na reforma dos vestiários dos funcionários da casa de saúde esteiense, atendendo uma demanda do Ministério Público do Trabalho.

 

“Esta verba será muito importante dentro do nosso empenho para melhorar as condições de estrutura do hospital. Já fizemos a reforma do telhado e outras medidas estão sendo planejadas”, comentou Pascoal.

 

A entrega da emenda foi feita em uma reunião no próprio hospital que contou, além de Pascoal e de Biolchi, com as presenças do diretor administrativo do São Camilo, Dilnei Garate, da supervisora geral da Fundação, Andresa Maitê Bohn, do deputado estadual Juvir Costella e dos vereadores Felipe Costella e Rute Pereira, que articularam com Biolchi a liberação da emenda. A Fundação aguarda, agora, a liberação do empenho da verba para poder dar início à reforma nos vestiários.

 

Esforço conjunto para manutenção do atendimento no hospital 

Desde o início da atual gestão, a Prefeitura adotou uma série de ações para melhorar as condições financeiras, garantir o pagamento de salários e de fornecedores e manter a casa de saúde esteiense aberta e atendendo a população. O São Camilo começou 2017 com dívidas de anos anteriores e salários atrasados, o que levou ao decreto de emergência financeira no hospital logo no primeiro dia do atual mandato.

 

Para 2017, estava previsto que a Prefeitura encaminhasse R$ 9 milhões em verbas para o hospital, valor que logo se mostrou insuficiente para manter a casa de saúde em funcionamento. Para buscar uma solução para essas dificuldades, a Administração Municipal precisou criar o Programa de Incentivo Financeiro ao Hospital São Camilo. A partir do projeto, o total de repasses feitos pela Prefeitura para a Fundação passou de R$ 20 milhões, mais que o dobro da previsão inicial para o ano. Em 2017, foram pagos, por exemplo, R$ 6,7 milhões relativos a débitos em aberto dos anos de 2014, 2015 e 2016.

 

O recurso extra foi reunido em esforço de todas as secretarias municipais, que cederam parte de seus orçamentos para poder financiar a medida. Além das verbas municipais, o hospital é mantido, também, com verbas federais e estaduais.

 

Em 2017, ainda, foram realizadas melhorias na estrutura do hospital. O telhado foi reformado, com a substituição de calhas, estrutura de madeira e telhas, e a fachada externa recebeu nova pintura.

 

Outra medida para garantir as condições financeiras da casa de saúde esteiense é a reabertura ao atendimento de convênios e particulares, além da manutenção dos atendimentos públicos gratuitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em fevereiro, o São Camilo foi credenciado junto ao Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE). Estão em andamento, também, a negociação com a Unimed e outras operadoras de serviços de saúde para fechar novos acordos.

 

Texto: Eduardo Baratto Leonardi

 

gallery1 gallery1