20180312 DjalmaCorreaPacheco PrimeiraAulaCursoSoldagemSenai abre
Fotos: Djalma Corrêa Pacheco
O prefeito Leonardo Pascoal e a secretária de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo, Tatiana Tanara, prestigiaram no início da noite desta segunda-feira (12) a aula inaugural do Curso Técnico de Soldagem oferecido pelo Senai Nillo Bettanin. Dos 40 alunos matriculados na formação que ocorre até o final do ano que vem, 25 receberam bolsa de 50% subsidiada pela Prefeitura de Esteio. Com isso, em vez de uma mensalidade de R$ 517, os 25 esteienses estão pagando R$ 258,50.

“O Instituto Senai é, sem dúvida, o principal agente de inovação de nossa cidade”, falou o prefeito em sua saudação aos alunos. Pascoal lembrou que no ano passado a Administração Municipal ofereceu bolsas para seis jovens participarem do Curso Técnico em Petroquímica. “Agora, buscamos dentro de nosso orçamento oferecer subsídio de 50% para 25 jovens esteienses. Este é um investimento que reflete na melhoria da qualidade de vida de vocês e de toda a cidade. São dois anos de formação e, no final, vocês vão sair daqui com grande empregabilidade, com um salário melhor que aumentará a nossa renda per capta. Isso tudo ajuda a transformar Esteio em uma cidade com mais qualidade de vida”, afirmou.

O convênio entre a Prefeitura de Esteio e o Senai foi firmado no dia 27 de fevereiro e faz parte das ações da Prefeitura de Esteio em oportunizar o acesso à formação técnico-profissional a moradores da cidade. Podiam concorrer a uma das bolsas candidatos que comprovassem residência em Esteio, cursando a partir do 2º ano do Ensino Médio ou que já tivessem concluído esse nível de ensino, com idade mínima de 16 anos em 1º de janeiro de 2018.

A parceria foi destacada, também, pelo gerente de operações do Senai Esteio, Clóvis Leopoldo Reichert, “Em nome do Senai, dou boas-vindas a todos os alunos e agradeço esta parceria com a Prefeitura de Esteio. A partir deste exemplo, estamos em negociação com outras cidades da região para oferecer ações semelhantes. Para o Senai é gratificante construir essas parcerias que dão oportunidades para mais jovens buscarem qualificação profissional”, afirmou.

 

Texto: Djalma Corrêa Pacheco

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1