20180308 AdrianoRosadaRocha AtividadesDiaMulherRuaCoberta abre
Fotos: Adriano Rosa da Rocha
O lançamento do projeto Cimento e Batom, parceria da Secretaria Municipal de Cidadania, Trabalho e Empreendedorismo (SMCTE) e da ONG Mulher em Construção, que vai oportunizar capacitação profissional na área da construção civil a moradoras de Esteio, marcou as atividades que estão sendo realizadas pela Prefeitura e entidades parceiras até as 16h desta quinta-feira (8) em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

Em sua fala, o prefeito Leonardo Pascoal destacou o significado da data na luta por igualdade das mulheres e também a importância do projeto. “Quando a secretária Tatiana Tanara (titular da SMCTE) nos trouxe essa proposta, de imediato nós entendemos que esse projeto dialogava muito com aquilo que acreditamos em termos de política pública na área de cidadania e na área do desenvolvimento social. A gente vê muito discurso, muitas boas intenções – às vezes nem tão boas assim – mas vê poucas práticas que realmente consigam emancipar e tirar as pessoas, homens ou mulheres, daquela condição de subsistência, de dependência, de vulnerabilidade”, afirmou o prefeito.

Pascoal afirmou que o Cimento e Batom é um projeto bastante prático e com resultados que serão atingidos a curto e médio prazo, com mulheres qualificadas para setores na construção civil, que poderão ter renda e deixar de lado a dependência financeira, muitas vezes fator determinante para que as mulheres se sujeitem a agressões e outras violências. “Não se empodera mulheres com frases bonitas, com discursos de efeito ou com postagens no Facebook. O que a gente precisa de fato é oferecer às mulheres acesso a serviços, a políticas públicas e a oportunidades que permitam a elas desenvolver, mostrar seus talentos e competir em pé de igualdade com que quer que seja. Esse projeto mostrará isso, que as mulheres podem trabalhar tão bem ou até melhor que homens no canteiro de obras”, discursou.

Presidente da ONG Mulher em Construção, Bia Kern ressaltou que o projeto está chegando a Esteio para dar oportunidades a mulheres que moram em área de vulnerabilidade social. “A gente vai começar com 20 mulheres, mas depois vai ampliar o número de capacitadas. A ideia é fazer com essas mulheres vão para o mercado do trabalho e propicia a elas, também, o empreendedorismo e a participação em uma cooperativa de trabalho”, elencou.

Responsável por coordenar o projeto por parte da Administração Municipal, a titular da SMCTE, Tatiana Tanara, falou da felicidade de lançar o Cimento e Batom no Dia das Mulheres. “Hoje a gente lança esse projeto como um marco da política para as mulheres. Fugindo da lógica do discurso de resolver situações sem apresentar estratégias, nós trabalhamos com o intuito de desenvolver planejamento, de emancipar essas mulheres”, disse, também agradecendo à ONG e aos servidores da pasta, que coordena que estão trabalhando nesta ação.

Também participaram da solenidade o presidente da Câmara de Vereadores, Sandro Severo, os vereadores Felipe Costella, Fernanda Fernandes e Rute Pereira, além das secretárias municipais da Fazenda, Alice Grecchi, e de Meio Ambiente, Sabrina Reis.


O projeto
O Cimento e Batom vai oferecer capacitação nas áreas de alvenaria, pintura e instalações hidráulica e elétrica para 20 mulheres entre 18 e 50 anos, que tenham baixa renda e que residam em áreas de vulnerabilidade social. Depois de concluída a capacitação, as mulheres formadas repassarão os conhecimentos para outras 200 mulheres, em uma segunda etapa do projeto, e poderão conseguir emprego em construtoras, como a MRV, parceira do projeto.

Para se inscrever, as interessadas devem ir ao Cras, Creas ou Uras (veja endereço abaixo e horário de atendimento abaixo) até o dia 29 de março, com documentos pessoais, além de comprovante de renda e de endereço.

Na primeira etapa, as mulheres terão 52 horas de aulas teóricas e práticas com profissionais da área, como arquitetos, engenheiros civis, pintores, pedreiros e eletricistas. No final da formação, elas serão responsáveis por fazer uma reforma na sede da SMCTE. Após isso, elas serão convidadas a capacitar outras 200 mulheres. As aulas serão na SMCTE, junto à sede da Prefeitura, em dias a serem definidos.


Atividades na Rua Coberta
As aposentadas Maria do Carmo Silveira, 75 anos, moradora do Premem, e Maria Neiva Pedroso, 81, que reside no Centro, aproveitaram as atividades oferecidas pela Prefeitura de Esteio e empresas parceiras nesta quinta-feira (8) na Rua Coberta. Professora e poetisa, Maria do Carmo conferiu os cosméticos, assistiu a uma demonstração de pole dance com professora e alunas da Studio Dream Movement e também se inscreveu para recitar um poema de sua autoria que homenageia às mulheres. Maria Neiva, por sua vez, foi até o estande da Nova Era/Koloss Make up para fazer uma maquiagem especial no seu dia. “Estou adorando. Tá muito gostoso isso aqui”, afirmou entre uma pincelada e outra de blush.

“A proposta das atividades na Rua Coberta é oferecer ações de beleza, saúde e dança, além de destacar empreendimentos comandados por mulheres, demonstrando ao público os seus trabalhos, fomentando a emancipação e o empoderamento feminino”, explica a coordenadora da Mulher, Léa Beatriz Silva.

Também expuseram na Rua Coberta a Unipacs, o Espaço Holístico Flor das Águas, a Mary Kay/Since Ever Store e a Pérola Hinode.

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, é comemorado desde o início do século XX. A data tem origem nas manifestações femininas por melhores condições sociais como trabalho digno, salário justo e direito de voto. O propósito dessa data é, de um lado, lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres, e, do outro, refletir sobre as discriminações e a violência a que muitas mulheres ainda estão sujeitas em todo o mundo.


Projeto Cimento e Batom – Inscrições
Requisitos: Ser mulher entre 18 e 50 anos, ter baixa renda e morar em área carente
Documentos: Documentos pessoais, comprovante de residência e de renda 
Quando: Até 29 de março- De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Locais:
Creas Girassol (Rua Dom Pedro, 846 - Centro)
Cras Conviver (Rua Vereador Ernesto Menezes, 52 - Vila Olímpica)
Cras Território de Paz (Rua Orestes Pianta, 206 - Parque Primavera)
Uras CEU (Final da Rua Rio Grande, junto ao Residencial Pôr-do-Sol)
Uras Pedreira (Rua Pedreira, s/nº - Pedreira)

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1