20170928 DjalmaCorreaPacheco ReuniaoAcise abre
Fotos: Djalma Corrêa Pacheco
Um breve balanço sobre o que representou a 40ª Expointer para o Município de Esteio foi apresentado pelo prefeito Leonardo Pascoal durante reunião-almoço da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Esteio (Acise) nesta quinta-feira (29). Pascoal antecedeu à explanação sobre a Feira e sobre o Parque Estadual de Exposições Assis Brasil realizada pelo subsecretário do Parque, Sérgio Bandoca Foscarini.

O chefe do Executivo esteiense lembrou que o relatório está sendo apresentado pela primeira vez e que muitas pessoas questionam sobre o que Esteio ganha com a Expointer. “Esta explanação não é uma prática comum, e esperamos torná-la tão tradicional quanto o próprio balanço da Expointer como um todo”, afirmou. “Há alguns que acham que a Expointer deixa muito e outros que acham que não deixa nada. Não é nem tanto ao céu nem tanto a terra. A gente tem ganho muitos positivos com a Feira, que é extremamente importante para a nossa cidade”, disse.

Pascoal destacou os serviços prestados pela Administração Municipal, como Vigilância Social, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, entre outros, e o faturamento de quase R$ 400 mil das entidades filantrópicas esteienses que comercializam alimentos durante a Expointer. “Faturamento cerca de 60% superior ao ano passado. O lucro que essas entidades têm se revertem para Esteio através dos trabalhos sociais que são realizados por elas em nossa cidade”, explicou.

O prefeito falou também sobre a exposição realizada pelos 55 artesãos de Esteio na esfera vermelha, sobre as vendas dos comerciantes instalados em 90 bancas em frente ao Parque - mais de 70% ocupadas por moradores de Esteio - e sobre o faturamento de mais de R$ 210 mil com arrecadação de ISS e taxas diversas. “Esse valor pode crescer, pois a feira encerrou no início de setembro, e o ISS pode ser arrecadado até o final de outubro”, explicou. Pascoal disse ainda que tem uma série de ganhos que não tem como quantificar, como empregos temporários, comércio feito dentro do Parque por esteienses, vendas nas lojas de Esteio durante a Feira, serviços como alugueis, diárias em hotéis, pagamento de estacionamento, além da aproximação com lideranças políticas e empresariais e projeção da cidade de Esteio na mídia nacional.


Superávit em três edições

Depois, foi a vez de Bandoca falar sobre a Expointer e sobre o superavit de R$ 3,4 milhões que a edição deste ano possibilitou. O subsecretário do Parque disse que nas últimas três feiras foram quase R$ 6 milhões se superavit. O gestor destacou a parceria com entidades privadas realizada em 2015 para recuperar o Assis Brasil, danificado por um forte vendaval no final do ano anterior, e que hoje o parque está bem conservado. Bandoca disse ainda que o Parque é aberto para inúmeros eventos, entre eles a Semana Farroupilha, e citou uma série de atividades que serão realizadas no espaço nos próximos meses, como Parada Livre de Esteio, Universo Alegria, encontro de igreja evangélica e atividades da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo, entre outros.



Serviços prestados pela Prefeitura na Expointer 2017

Vigilância Social (Secretaria Municipal de Cidadania e Desenvolvimento Social – SMCDS – e Conselho Tutelar) – Combate ao trabalho infantil e ao uso de álcool por menores

Vigilância Sanitária (Secretaria Municipal da Saúde – SMS) – Fiscalização da qualidade dos alimentos

Secretaria Municipal da Obras e Serviços Urbanos – SMOSU – Recolhimento de lixo (27 toneladas) e limpeza do entorno do Parque, antes, durante e depois da Feira

Procon (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação – SMDEI) – Fiscalização de abusos de preços e outras irregularidades no comércio

Guarda Municipal (Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana – SMSMU) – Ações de Segurança em apoio à Brigada Militar

Fiscalização de Trânsito (SMSMU) – Ações de orientação e fiscalização no trânsito em torno do Parque, em conjunto com Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal

SMDEI – Licenciamento de comerciantes e posterior fiscalização



Balanço

Faturamento de entidades filantrópicas (Lions Centro, Lions Exposição, Lions Industrial, Rotary Club e Apae) – R$ 395.577,20

Faturamento de artesãos locais – R$ 20.365

Faturamento de comércio ambulante legalizado – R$ 283.500

Arrecadação de Imposto Sobre Serviço - ISS (Leilões e bilheterias) – R$ 96.920

Arrecadação com taxas diversas – R$ 116.002


Outros ganhos não mensuráveis
Empregos temporários

Comércio de esteienses dentro do Parque

Vendas no comércio local (fora do Parque)

Serviços da cidade (hotéis, aluguéis e estacionamento, entre outros)

Visibilidade e projeção de Esteio nos meios de comunicação

Aproximação com lideranças políticas e empresariais

Texto: Djalma Corrêa Pacheco

 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1