20170903 GabrielRodzinski AgendasPrefeitoExpointer abre
Foto: Gabriel Rodzinski
Com uma participação efetiva na maior feira do agronegócio da América Latina, a Administração Municipal de Esteio teve muito a comemorar durante o encerramento da 40ª Expointer. O envolvimento do prefeito Leonardo Pascoal e dos serviços da Prefeitura dentro do Parque de Exposições Assis Brasil, durante os nove dias de feira, foi destacado pelas autoridades em entrevista coletiva realizada na tarde do domingo (3), na Central de Imprensa da Expointer. Mais do que bons números, a Administração mostrou o quanto é importante o Município sede da mostra estar integrado ao evento que garante visibilidade internacional à cidade.

Durante a apresentação dos resultados, Pascoal destacou a participação de Esteio na mostra agropecuária. "Além das 270 toneladas de resíduos coletados, vistoriamos 250 estabelecimento pela Vigilância Sanitária, não tivemos caso de prostituição infantil, aplicamos vacinas, fizemos 60 atendimentos pelo Procon e houve 15% menos ocorrências policiais, culminando com o fato inédito de nenhum registro de furto de veículos – ou em veículos - durante a feira", disse. Ele informou, também, que foram apreendidos cerca de 800 quilos de alimentos impróprios para consumo humano e que foram realizados dez atendimentos de acidentes de trabalho, sem maior gravidade.

Pascoal agradeceu ainda pela parceria e integração da Prefeitura com o Governo do Estado e com as entidades realizadoras do evento. “Com certeza essa integração foi marcante e inédita, simbolizada especialmente, pelo hasteamento da bandeira do nosso Município, pela primeira vez, em 40 edições”, afirmou.

Números

A 40ª Expointer recebeu, em nove dias de feira, mais de 382,6 mil pessoas e movimentou R$ 2.035.790.142,62 em negócios. Os resultados da feira, considerada uma das maiores do gênero na América Latina, foram levantados até as 13h deste domingo (3) e divulgados pelo governador José Ivo Sartori.

O crescimento de aproximadamente 6% na comercialização, em comparação à edição do ano passado, foi devido ao volume de negócios da Feira da Agricultura Familiar. Foram R$ 2.851.010,62 em vendas de produtos coloniais, um aumento de 40% em comparação com 2016.

A venda de animais foi o único setor que registrou queda em relação à edição anterior. Com R$ 10.613.132,00 em negócios, a redução foi de 12%. O artesanato comercializou R$ 1.100.000,00, 40% a mais que na edição anterior. Já os negócios no setor de máquinas e implementos agrícolas chegaram a R$ 1.923.226.000,00, um aumento de 0,75% em relação a 2016.

Ao todo, foram promovidos 479 eventos, que receberam mais de 40 mil pessoas. O público pode conhecer a representação também de 19 estados e 11 países. Também participaram da divulgação do balanço, o vice-governador José Paulo Cairoli; o subsecretário do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, Sérgio Bandoca Foscarini da Silva; e representantes das entidades parceiras da Expointer: Simers, Farsul, Fetag, Ocergs, Febrac e Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo.

 

gallery1 gallery1 gallery1