20170725 DjalmaCorreaPacheco AssinaturaIncentivoFinanceiroSaoCamilo abre
Fotos: Djalma Corrêa Pacheco

Mais R$ 9 milhões serão repassados ao Hospital São Camilo até o final deste ano. O Programa de Incentivo Financeiro à Fundação de Saúde Pública São Camilo de Esteio foi firmado na manhã desta terça-feira (25), em um ato realizado no auditório do hospital, pelo prefeito Leonardo Pascoal, pelo diretor Administrativo da FSPSCE, Dilnei Garate, e pela secretária municipal da Fazenda, Alice Grecchi. Com mais este investimento, o valor total repassado pela Administração Municipal para a casa de saúde ao longo do ano deverá chegar a R$ 18 milhões, o dobro do previsto no Orçamento de 2017.

“Esse é um ato simples, mas revestido de uma grande importância. E vem para que a gente consiga colocar em prática aquilo que tem pautado nossa atuação no dia a dia, que é a busca de sustentabilidade financeira desta casa de saúde. Quando assumimos a gestão em 1º de janeiro o hospital acumulava um passivo financeiro de mais de R$ 10 milhões, além de uma folha de pagamentos atrasada”, lembrou o prefeito, ao fazer um breve histórico dos passos dados para conseguir equilibrar as contas. “Já conseguimos reduzir significativamente o deficit projetado que estava entre R$ 5 e R$ 6 milhões para R$ 3,5 milhões, graças a uma antecipação de recursos do segundo semestre”, exemplificou.

Pascoal disse que para continuar com as contas equilibradas é importante encontrar novas receitas, uma vez que os repasses do Estado e União não serão reajustados, podendo, inclusive, serem reduzidos. “Entendemos que o valor projetado para o Hospital era aquém da necessidade. Por isso, decidimos assinar esse programa de incentivo financeiro, para dobrar o valor”, explicou.

O prefeito lembrou que a instituição está passando por problemas ao nos últimos anos e que a atual Administração do Município está empenhada em recuperar o Hospital São Camilo. Para isso, disse que conta com os servidores comprometidos da casa de saúde esteiense, a maioria, inclusive, do quadro de funcionários.

Por fim, o prefeito agradeceu aos servidores do São Camilo pelo relatório completo que foi repassado para a Gestão Municipal, dados que basearam a elaboração do Programa de Incentivo Financeiro e outras ações voltadas à casa de saúde. Pascoal também destacou o trabalho conjunto da Procuradoria-Geral do Município e da Secretaria Municipal da Fazenda. “Quero, para finalizar, agradecer muito aos servidores da Fundação, especialmente à maioria silenciosa, que não alardeia suas ações, mas que manifesta seu apoio às medidas que estamos adotando. Tenho convicção de que estamos no caminho certo”, disse.


Volta de convênios
Em sua fala, Dilnei ressaltou o trabalho integrado e o amplo estudo que foi feito para apresentar um projeto de recuperação financeira, das estruturas e dos serviços prestados no São Camilo. “Nos passamos os cinco primeiros meses fazendo uma análise detalhada e apresentamos ao Poder Executivo uma proposta diferente daquela que trabalhávamos até então, que era baseada apenas na produção. São valores criteriosamente estudados para podermos manter o hospital, com foco no custeio da casa, para que possamos recuperar o que deixou de ser feito, o que não é pouca coisa”, afirmou.

O diretor informou que estão sendo feitas negociações com a Unimed, maior operadora de planos de saúde do Brasil, e como o Instituto de Previdência do Estado (IPE), entre outras instituições, para que o São Camilo volte a trabalhar com atendimentos particulares e convênios, o que aumentará a receita. “A gente entende que, ao longo dos anos, as coisas vão acontecer. E a mudança para melhor será mérito de todos os servidores que, de uma forma ou outra, estão entendendo o que precisa ser feito e dando seu quinhão de participação para que a gente consiga atingir nossos objetivos”, finalizou.


O Programa
O objetivo do Programa de Incentivo Financeiro é reduzir o deficit mensal da instituição, com aporte de recursos extras por parte da Administração Municipal, permitindo a melhoria do fluxo de caixa da instituição e uma maior regularidade nos pagamentos de servidores, prestadores de serviços e fornecedores. A medida foi autorizada pela Lei Municipal nº 6.611, de 12 de julho de 2017.

Com mais este investimento proposto, o valor total repassado pela Administração Municipal para a casa de saúde, ao longo do ano, deverá chegar a R$ 18 milhões, o dobro do previsto no Orçamento de 2017. Além disso, o hospital recebe ainda recursos federais, na ordem de R$ 13 milhões/ano, e estaduais, cerca de R$ 24 milhões/ano.

Desde o início da gestão há um esforço contínuo da Administração Púbica em manter a Fundação de Saúde Pública São Camilo de Esteio em pleno funcionamento. No início de janeiro, devido à falta de recursos para o cumprimento de obrigações básicas da instituição, foi decretada situação de calamidade financeira do hospital. Nos dias seguintes, a Administração Municipal repassou R$ 3 milhões para a instituição para pagamento dos salários dos servidores, do corpo técnico e fornecedores. A Prefeitura intensificou a cobrança ao Governo do Estado para a quitação de um atraso de R$ 10 milhões em repasses, ocorrido em fevereiro.


Reformas
Na próxima quinta-feira (27), às 14h, Leonardo Pascoal e Dilnei Garate assinam a ordem de início das obras de reforma do telhado e revitalização da fachada do Hospital São Camilo. O projeto, orçado em cerca de R$ 400 mil, será custeado com recursos federais e tem prazo inicial de 120 dias para conclusão.

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SMDUH), responsável pela fiscalização da obra, o trabalho consiste na pintura e recuperação de toda a fachada do prédio do Hospital e do conserto parcial do telhado. O ato acontecerá em frente ao prédio do hospital.

 

gallery1 gallery1 gallery1
gallery1 gallery1 gallery1