Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SMOSU) e a Defesa Civil de Esteio estão monitorando a situação do Rio dos Sinos, dos arroios Esteio e Sapucaia e dos canais que cruzam o Município após as fortes chuvas que ocorreram ao longo desta quinta-feira (1º).

Houve três casos de transbordamentos pontuais do Arroio Sapucaia. Dois deles ocorreram no Bairro Três Marias, onde a Defesa Civil prestou assistência preventiva às famílias em que a água invadiu o pátio da residência. A Secretaria de Obras foi com maquinário até o local e garantiu a drenagem da água. Outro caso de extravasamento do leito do arroio ocorreu no final da Rua 1º de Março, no Parque Primavera, com quatro moradias afetadas. Cerca de dez famílias foram removidas, a maioria para casa de familiares, as demais estão em abrigo montado pela Secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Social.

Nos demais pontos de Esteio, os arroios e canais, embora estejam com alto volume de águas, estão tendo a fluidez necessária para que não haja transbordamentos.

Já no Rio dos Sinos, a várzea está quase toda ocupada, mas a situação não é considerada preocupante, uma vez que o Rio dos Sinos não está com vazão represada. Desde a última quinta-feira (25), foram registrados 270 milímetros de chuva e o nível do Sinos está em 2,85 metros na régua da Lansul, em Sapucaia do Sul.

A SMOSU e a Defesa Civil realizam monitoramento em tempo real de possíveis alagamentos durante as próximas horas em diferentes pontos da cidade. A previsão para esta sexta-feira (2) é de dia parcialmente nublado, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Segundo o órgão, as chances de chuva são de apenas 5%. Com a trégua das chuvas a expectativa é que nas próximas horas o arroio Sapucaia volte ao leito normal.

Texto: Gabriel Valença e Cristiane Franco